Início | Vendas | Muita união para enfrentar a crise

Vendas

Muita união para enfrentar a crise

Luiz Marins

Publicado em 05/10/2015 às 16:03

O que fazer em nossa empresa nesta hora difícil que estamos passando no Brasil? Como devemos agir, como indivíduos, como grupos e como empresas? O que nós, brasileiros simples, ainda empregados, que temos família para sustentar e contas para pagar podemos fazer, de fato, sem sonhos e com os pés no chão, para que nossa empresa não       pare de vez, que a engrenagem continue rodandomesmo com todas as dificuldades que sabemos existir?

Conversando com empresários, empreendedores, funcionários dos mais diversos setores da economia e mesmo servidores públicos, a conclusão a que chegamos é que nesta hora nos resta a união. Nos momentos de grande dificuldade temos que reaprender o poder da união, da cooperação, da força de trabalhar em times. Temos que, muitas vezes, passar por cima de nossas antipatias e simpatias e nos unir com todos os nossos colegas de trabalho para que façamos tudo o que possa ser feito para tentar salvar nossos empregos.  Agora, pois, não é hora de desunião, de discussões estéreis, de jogar contra o próprio time. Agora é hora de colocarmos os pés no chão e seguirmos em frente, apesar de todos os pesares e de nossa revolta com tudo o que está acontecendo no Brasil.

Assim, o que, de fato, podemos fazer é trabalhar duro para não perder clientes. Para isso temos que cuidar da qualidade de tudo o que fizermos, pois na crise o cliente fica mais seletivo e exigente e muito mais valor ao seu pouco dinheiro. Temos que melhorar ainda mais o nosso atendimento, o nosso pós-venda, a nossa assistência técnica, a nossa agilidade. Temos que, unidos, pensar criativamente em como fazer alguma diferença de valor para os nossos clientes, ao mesmo tempo em que não podemos aumentar os custos de nossos produtos ou serviços.

E como membros da sociedade brasileira temos que exercer nossa cidadania, exigindo dos políticos em quem votamos que promovam as reformas que o Brasil precisa para produzir mais e melhor, gerar mais emprego e renda. Isso significa fazer uma grande reforma tributária para diminuir impostos, favorecer a produção e a exportação, acabar com a burocracia pesada e diminuir o tamanho do Estado e o custo Brasil, favorecendo a iniciativa privada e combatendo a corrupção e os privilégios. Isto significa votar bem e com consciência e nunca esquecer que voto tem consequências. Mas até - até que tudo isso possa acontecer e dar resultados, nos resta trabalhar bem para manter nossos empregos, nossa renda e nossa capacidade de sobreviver a mais esta crise que será mais longa ou mais curta em função de nossa capacidade de nos unir e juntos fazer acontecer o quase impossível.

Pense nisso. Sucesso!

Luiz Marins feed/rss ver artigos deste(a) colunista

Luiz Marins

Vendas

Luiz Marins é antropólogo, professor e consultor de empresas no Brasil e no exterior, com 24 livros publicados (também disponíveis em vários países da América Latina e Europa) e mais de 300 vídeos e DVDs publicados; empresário de sucesso dos ramos de agronegócio, educação, comunicação e marketing. É um dos mais requisitados palestrantes do país. (secretaria@anthropos.com.br). Dê sua opinião sobre este artigo ou faça sugestões para nossos colunistas, envie seu e-mail.
 

Artigos Relacionados

voltar

Titulo: Muita união para enfrentar a crise

Destinatário(s)
Seus dados
Código de Validação:*
(*) Preencha o código de validação corretamente.

Titulo: Muita união para enfrentar a crise

Mensagem de Erro

Esta é a área central para comunicação entre revendas, distribuidores e fabricantes com a equipe da PartnerSales.
Incentivamos as mensagens de nossos leitores com sugestões de pautas, críticas, elogios ou reclamações.

Seus dados
Código de Validação:*
(*) Preencha o código de validação corretamente.

© Copyright PartnerSales - O site focado em parcerias de negócios e estratégias de vendas. Todos os direitos reservados. Outros nomes de companhias, produtos e serviços podem ser marcas registradas ou marcas de serviços de outros.

Sydow Marketing