Início | Opinião | Metodologia ágil: das startups para as empresas

Opinião

Metodologia ágil: das startups para as empresas

Publicado em 22/12/2017 às 15:00

Por Fabrizio Tassitano, diretor de produtos e soluções do Mercado Eletrônico

No sprint inicial de qualquer empresa, boa parte dos esforços estão voltados para elementos relacionados ao negócio como resultados, conquista de clientes e sucesso na nova investida. Esse alinhamento de objetivos permite que os colaboradores se sintam corresponsáveis, criando engajamento – um dos diferenciais das startups, onde o ambiente parece mais leve, rápido e assertivo.

Equipes ágeis de verdade apostam nesses exemplos para criar seu próprio modelo. Inclusive, já é possível encontrar algumas metodologias disponíveis no mercado, como o Scrum, mas cabe ao time encontrar seu próprio dinamismo para alcançar entregas frequentes capazes de gerar valor ao negócio.

Nas empresas com cultura mais enraizada e com grande número de colaboradores, a tarefa é ainda mais complexa: manter o alinhamento, o engajamento e o foco no negócio se torna um desafio. Quando a inovação, a cocriação e a adaptabilidade às mudanças não fazem parte do DNA, é hora de repensar também a cultura.

No processo de implementação de uma cultura ágil é preciso engajar, motivar e dar propósito para os colaboradores. Sendo assim, mais importante que instalar a metodologia ágil em si é alinhar o discurso, as visões, as ações de RH, os valores e as atitudes entre todos. E durante esse processo, a liderança provavelmente vai encontrar perguntas sobre as estratégias, processos, valores e alinhamento de objetivos dos negócios. Perguntas que no final, tem um ponto em comum: pessoas. Afinal, são as pessoas que fazem a cultura de uma empresa e não o contrário.

Como resultado, começam a surgir os primeiros times com recursos multifuncionais, foco e autonomia. Ao alocar pessoas com competências diversas, mas alinhadas com o propósito do time, abre-se caminho para a inovação e entregas frequentes que potencializam o valor para os clientes.

Na etapa seguinte, o desafio passa a ser extrair o potencial máximo dos times: engajá-los no objetivo do negócio, oferecendo ferramentas e estrutura necessárias para que eles tenham o máximo de proveito nas tarefas executadas.

Normalmente as equipes têm ritmos próprios, métodos, soluções e características próprias para conseguir olhar o negócio ao invés das atividades individuais. A recompensa é clara à medida em que se apresentam os resultados de alto desempenho.

Outro ponto importante é entender que um time ágil, mesmo com toda autonomia, deve prestar contas para os clientes que atende, para a organização e seus líderes e, principalmente, para seus próprios componentes. Só assim é possível chegar a uma visão compartilhada sobre os resultados e pontos que devem ser aprimorados.

Implementar a cultura ágil é um grande desafio para qualquer organização, porém a recompensa é grande. Se adaptar é a chave, já que atualmente trabalhamos com projetos de “escopo aberto”. No entanto, não há uma receita preestabelecida. Cabe à sua empresa encontrar o melhor caminho para alcançar metas e essa mudança de percepção incentiva e provoca a inovação. Permitir que o time compartilhe os resultados alcançados com a organização de forma periódica é combustível. E esse é o principal alimento de uma equipe com cultura de resultado e geração de valor.

voltar

Titulo: Metodologia ágil: das startups para as empresas

Destinatário(s)
Seus dados
Código de Validação:*
(*) Preencha o código de validação corretamente.

Titulo: Metodologia ágil: das startups para as empresas

Mensagem de Erro

Esta é a área central para comunicação entre revendas, distribuidores e fabricantes com a equipe da PartnerSales.
Incentivamos as mensagens de nossos leitores com sugestões de pautas, críticas, elogios ou reclamações.

Seus dados
Código de Validação:*
(*) Preencha o código de validação corretamente.

© Copyright PartnerSales - O site focado em parcerias de negócios e estratégias de vendas. Todos os direitos reservados. Outros nomes de companhias, produtos e serviços podem ser marcas registradas ou marcas de serviços de outros.

Sydow Marketing