Você já analisou se está na hora de crescer? Eu faço muitas análises na minha rotina como consultor e vejo que muitos não sabem o momento exato de crescer!  
Eu não estou falando apenas sobre tamanho, estou falando do “crescer” de maneira ampla mesmo! 
 Muitas vezes nos limitamos por acreditar que ainda não estamos prontos, não estamos bons o suficiente ou o clássico: “Ainda não é o momento...”  
E quando será o momento? Já pensou nisso?  Nenhuma atitude é definitiva em nossa vida, pode acreditar! Por isso sempre que vou fazer algo (bom ou ruim) me pergunto: Até quando?  
Pois tudo tem o momento certo de acabar, ou mudar! E você precisa ter a plena consciência em que momento isso irá acontecer!  Você não vai saber por onde caminhar, se não souber onde quer chegar, não é?
 Uma vez que você tem o “rumo” definido, você vai saber ao certo quantos passos faltam para alcançar seu objetivo.  A rotina nos prega peças constantemente, ela faz com que a gente comece a acreditar que a situação atual é confortável e que temos exatamente tudo aquilo que precisamos, mas será que seu sonho não é ir além? Avançar um pouco mais? Fazer aquilo que realmente acredita?  Por falar em realmente acreditar, tenho conversado com certa freqüência com uma pessoa que está em dúvida entre fazer o que paga as contas ou fazer o que ama!  A dúvida se mantém principalmente pelo fato de que o que se ama, não é tão seguro quanto o emprego atual e estável que essa pessoa se encontra, mas existe potencial em mudar! 
Por muitas vezes, abri mão do que era seguro para fazer aquilo que eu amava e transformei isso em um negócio promissor e rentável, pois já que eu amava fazer, fazia com um empenho extra!  Adianta você ir trabalhar desejando estar em casa? Fazer uma coisa desejando estar fazendo outra diferente e tornar cada dia mais desmotivado? 
 Isso é só um emprego! Você não irá morrer se afastar-se dele, mas vai tornar-se cada vez menor se manter fazendo algo que não lhe faz bem!  Faço parte de alguns grupos de whatsapp (mais do que gostaria) e vejo muitas piadas ligadas a depressão que a música de abertura do “Fantástico” causa, por saber que seu domingo está acabando e tem uma segunda-feira de trabalho começando.  Será que você realmente faz o que ama? Não está na hora de rever aquilo que você tem feito?  Sempre gostei muito de trabalhar (mesmo quando não fazia exatamente aquilo que amava) mas sentir-se produtivo sempre foi uma real paixão. 
Todos os dias quando acordo, enxergo uma nova oportunidade de atingir meus objetivos (e os tenho bem definidos, como já falei em outros artigos), repito para mim mesmo: O dia está apenas começando, e você está ganhando mais uma chance de fazer a coisa certa, agora vai lá e FAÇA!  Então não se limite tanto! Veja aí se não está na hora de desamarrar aquilo que te prende ao passado e começar aceitar um futuro de sucesso! 
A vida não é curta, nós é que pensamos pequeno! Eu acredito em você! SUCESSO! 

Lucas Chiminazzo

Lucas Chiminazzo

Lucas Chiminazzo é profissional da área de marketing de relacionamento, coach e especialista em aumento de faturamento através de métodos dinâmicos e ousados. Utiliza como fonte de seu trabalho técnicas teatrais e lúdicas para facilitar a aplicação de estratégias convencionais e pouco utilizadas.Consultor empresarial, viaja por todo o Brasil renovando conceitos, lançando marcas e trabalhando para o desenvolvimento profissional. Acesse www.lucaschiminazzo.com.br. Dê sua opinião sobre este artigo ou faça sugestões para nossos colunistas, envie seu e-mail.