“É importante manter a saúde mental de toda a equipe com uma boa percepção do que está ocorrendo no mundo”


Embora a pandemia ainda tenha uma presença muito grande no país, alguns estados e cidades estão retomando a abertura de negócios para que ocorra alguma progressão na economia. Para empresários e colaboradores, esse é um momento importante de transição da quarentena para a volta ao trabalho. 

É importante manter a saúde mental de toda a equipe com uma boa percepção do que está ocorrendo no mundo. Nesse primeiro momento é fundamental que o líder se disponha a acolher os funcionários. Todos reconhecem que foi realmente um período muito difícil. Ressalto especialmente a área do comércio, em que muitos trabalham por meio de comissões, e devido a pandemia, perderam o faturamento e até mesmo seus salários. 

Não é o momento ideal para traçar metas ousadas. Esses primeiros dias devem ser focados em celebração e aprendizado. Afinal, não é algo novo apenas para os colaboradores, mas também para os clientes, que vão deixar suas casas após uma longa quarentena e, provavelmente, também foram prejudicados pela pandemia. 

Não há como fazer qualquer tipo de projeção sem saber como o mercado vai reagir a reabertura do comércio. Sabemos que algumas empresas mantiveram seus funcionários em home office, mas em contrapartida, muitas outras tiveram que fechar as portas por tempo indeterminado. Por agora, o ideal é que colaboradores e gestores avaliem e com o tempo criem medidas para melhorar o desempenho da equipe.  

Com o distanciamento social, os consumidores passaram a encontrar novas formas de adquirir produtos e serviços, utilizando a internet como mediador. Com negócios reabrindo e pessoas voltando a circular nas ruas, é preciso promover a valorização da experiência de compra. É necessário voltar a atender com a capacidade de entender os clientes da melhor maneira possível, com gratidão por estar nesse lugar.  


O momento também pede cautela e segurança para todos os envolvidos nesse processo. Os estabelecimentos devem incentivar o uso de medidas protetivas para evitar a proliferação do coronavírus, como o uso de máscaras e até mesmo o pagamento por aproximação, que é um método mais seguro de pagar, evitando transações em papel moeda e máquinas de cartão.

Alexandre Slivnik

Alexandre Slivnik

Alexandre Slivnik é sócio-diretor do Instituto de Desenvolvimento Profissional (IDEPRO), diretor-executivo da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) e diretor geral do Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento (CBTD). Palestrante e profissional com 17 anos de experiência na área de RH e treinamento, é formado em educação física pela Universidade Mackenzie, com ênfase em qualidade de vida empresarial. É especialista em excelência Disney no Brasil, tendo visitado e estudado profundamente os parques e feito os treinamentos do Disney Institute sobre os temas excelência em liderança, inovação e criatividade, qualidade em serviços e excelência em negócios. Ministra palestras, cursos, treinamentos e seminários. Dê sua opinião sobre este artigo ou faça sugestões para nossos colunistas, envie seu e-mail.