APC by Schneider lança ferramenta que permite aos parceiros acelerar as vendas de edge computing
Com o Local Edge Configurator, é possível configurar as soluções de micro data centers com rapidez e precisão e ainda planejar instalações de edge computing


A APC by Schneider Electric traz a solução Local Edge Configurator que permite que os canais possam configurar as soluções de micro data centers com rapidez e precisão e ainda planejem instalações de edge computing.
O LEC consolida o sistema edge e as informações de especificação de micro data centers em uma ferramenta central que monta e configura sistemas compatíveis baseados em uma engenharia de compatibilidades. Ele incorpora a biblioteca de produtos tanto da APC by Schneider Electric quanto de terceiros, como servidores, equipamentos de networking, sistemas de convergência e hiperconvergência, e aparelhos de armazenamento (de companhias como Cisco, Dell EMC, HPE, IBM e Nutanix). Isso possibilita que todo o ambiente de TI (racks, cooling, distribuição de energia, proteção de energia, monitoramento ambiental, etc.) seja planejado e configurado.
De acordo com o Grand View Research, o mercado global de edge computing espera alcançar US$ 3,24 bilhões até 2025, expandindo com um CAGR (Taxa de Crescimento Anual Composta) de 41% durante o período previsto. "Os provedores de soluções de TI, revendedores de valor agregado e provedores de serviços gerenciados aumentam suas chances de conquistar uma grande porcentagem desse novo negócio quando conseguem acessar ferramentas que facilitam o design e a entrega de processos de edge computing", comenta Anderson Santos, gerente de Canais de IT da Schneider Electric Brasil, fazendo alusão ao Local Edge Configurator.
Opções flexíveis atendem às necessidades específicas de parceiros
Parceiros autorizados podem utilizar o LEC para construir uma solução de diversas formas, dependendo tanto das necessidades do cliente quanto do nível de expertise em configurar soluções de edge computing.
1º método: construir do zero
Nesse caso, o parceiro pode pesquisar as seções separadamente para PDUs e racks. As pesquisas podem ser conduzidas por SKU, por exemplo, ou UPSs podem ser filtrados por voltagem e autonomia. O parceiro seleciona as partes necessárias e consegue, então, adicionar serviços e softwares de gerenciamento se for preciso. Essa abordagem é útil para implantações especializadas.
2º método: selecionar um projeto pré-configurado e pré-integrado 
O usuário do LEC pode também selecionar soluções de micro data centers que são pré-construídas nas fábricas e enviadas como um só pacote. Nesse caso, não é necessário conhecimento técnico para configurar. O trabalho de configuração já foi previamente efetuado. Esse método é útil para implantações rápidas.
3º método: selecionar um projeto de referência 
Esses projetos atuam como ponto de partida para instalações de edge em micro data centers que incluem cada um dos elementos da solução para instalação: rack, PDU, UPS, softwares e serviços. Esses elementos são pré-configurados na lista de materiais, e os componentes individuais podem ser removidos se eles não forem necessários. A oferta de serviços é integrada, permitindo, por exemplo, que um parceiro gerencie remotamente o ambiente de edge do seu usuário final. Esse método gera receita recorrente para o parceiro e ajuda a estabelecer uma relação a longo prazo com o usuário final.
4º método: gerar projetos especializados de referência para parceiros de aliança
Esses são projetos customizados e validados conforme pedido pelas empresas parceiras de TI, como Fujitsu, HPE, IBM, Lenovo, Scale Computing e Nutanix.
Conforme as oportunidades de edge aumentam, é essencial que os provedores de soluções de TI garantam a confiabilidade e a certeza em um mundo conectado para seus usuários finais. "Ferramentas como o Local Edge Configurator não apenas auxiliam na configuração de edge e no desenvolvimento de soluções para instalações, como também incrementam as vendas", conclui Santos.