Cisco amplia Security Everywhere oferecendo mais visibilidade, controle e proteção para dispositivos e a nuvem

A Cisco anuncia o investimento na estratégia de Segurança em todos os lugares - Security Everywhere – aprimorando serviços em nuvem, na rede e em dispositivos, com novos produtos e recursos de segurança, além do serviço de inteligência contra ameaças, acompanhando a transformação digital que ocorre nas empresas.

As empresas estão apostando em iniciativas digitais para novas oportunidades de crescimento financeiro e menor complexidade operacional. Os dados estão cada vez mais difusos, assim como os ataques efetuados por agentes de ameaças que, muitas vezes, deixam as empresas lutando para proteger seus próprios ativos. As companhias enfrentam o desafio de lidar com um conjunto complexo de soluções pontuais que, pela forma como foram projetados, muitas vezes não são interoperáveis, limitando a visibilidade das equipes de segurança às potenciais ameaças e comprometendo suas redes. O valor da arquitetura Cisco é a ênfase na segurança integrada, que abrange toda a rede estendida - incluindo roteadores, switches e data center – eliminando falhas em todo o ciclo contínuo do ataque e reduzindo significativamente o tempo de detecção e reparo.

Especificamente, a Cisco está acrescentando ao seu portfólio o Cisco Cloud Access Security (CAS), que oferece visibilidade e segurança de dados para aplicações baseadas em nuvem; aprimoramentos à plataforma ISE - Identity Services Engine, ampliando visibilidade e controle de rede e dispositivos, com novos controles de acesso de localização, e o Threat Awareness Service – o Serviço de Inteligência contra Ameaças, que detecta ameaças presentes nas redes.

De acordo com os dados do estudo sobre as tendências de consumo de serviços em nuvem da Cisco (Cisco Cloud Comsumption Services trend data), o número de aplicativos não autorizados baseados em nuvem utilizados por funcionários de empresa é de 15 a 20 vezes maior do que o previsto pelos CIOs, devido ao Shadow IT (Sombra de TI). O novo serviço de segurança - Cisco Cloud Access Security (CAS) - permite que as empresas resolvam essa complexidade, ampliando a visibilidade e controle sobre os dados de aplicativos baseados em nuvem.