Citrix promove o evento Future of Work Tour enfatizando o panorama atual do mercado de trabalho
Palestra de Luís Banhara, diretor-geral, destaca que a economia mundial perde cerca de US$ 7 trilhões por conta de colaboradores desengajados


Ontem, a Citrix realizou no WTC Sheraton, em São Paulo (SP) a edição brasileira da Future of Work Tour, que apresentou um panorama atual do mercado de trabalho e destaca soluções para aumentar o engajamento dos funcionários através dos pilares experiência, segurança e escolha, um grande desafio quando apresentados os fatores que prejudicam a economia mundial.

O diretor-geral da Citrix Brasil, Luís Banhara, relatou dados que reforçam que o futuro do trabalho passa diretamente pela experiência dos colaboradores:

De acordo com estudo realizado pelo Instituto Gallup, 85% dos trabalhadores de todo o mundo não estão engajados em suas funções;
Em 2020, a cifra deverá subir para 95%;
Esse desengajamento gera uma perda de US$ 7 trilhões para a economia mundial;
“Com o engajamento diretamente ligado à satisfação dos colaboradores, a tecnologia será fundamental pelo papel facilitador que já tem atualmente nas organizações. Tornar mais simples e inteligente o acesso a dados e aplicações aumentará o engajamento e, consequentemente, a produtividade”, destacou Banhara.

Durante a apresentação das soluções da Citrix, o diretor destacou a inovação dos chamados microapps: quando as aplicações (sobretudo as SaaS) são transformadas em funcionalidades, o que otimiza o tempo dos funcionários ao eliminar logins, diminuir drasticamente o tempo da troca de um aplicativo para outro e destacar as funções mais acessadas.

O suporte desta inovação está num roadmap baseado em três passos: organizar, ensinar e automatizar, o que corrobora a tendência apresentada na pesquisa The Economist feita pela Citrix, de que a integração entre os departamentos de RH e TI é de suma importância nesse processo – algo que grande parte das organizações e executivos do Brasil (40%) já coloca em prática.