HPE ProLiant anuncia a quebra de 37 recordes mundiais
A integração das tecnologias HPE e AMD definem novos padrões de performance, eficiência e segurança para workloads empresariais na nuvem e no data center



A HPE anuncia a quebra de 37 recordes mundiais ao estabelecer um novo nível de desempenho e liderança em eficiência com os novos servidores HPE ProLiant DL325 e HPE ProLiant DL385, ambos equipados com a segunda geração do processador AMD EPYC.

Superando recordes anteriores de performance em 321% e de eficiência energética em 28%2, os novos servidores entregam resultados que redefinem valor e economia em virtualização, cloud, infraestrutura empresarial e workloads com uso intensivo de dados. “Hoje em dia, os clientes buscam por sistemas com workload otimizado, que criam novas experiências, oportunidades e valor ao negócio”, afirma Justin Hotard, VP e general manager da unidade de Volume Global Business da HPE. “Construido sobre a inovação da família HPE ProLiant, os novos HPE ProLiant DL325 e HPE ProLiant DL385 com a segunda geração do processador AMD EPYC atinge novos níveis de otimização de workloads, segurança e automação, entregando às empresas um caminho rápido para a conquista de resultados de negócios positivos”.

“A segunda geração dos processadores AMD EPYC criou um novo padrão para o data center modern ao promover performance recorde e arquitetura avançada, entregando poderosos resultados para diversos tipos de workloads”, comentou Forrest Norrod, VP e general manager do Datacenter and Embedded Solutions Business Group da AMD. “Estamos extremamente orgulhosos em manter esta parceria com a HPE em suas plataformas mais recentes. Os servidores HPE ProLiant com processadores AMD EPYC vão permitir novos níveis de performance e entregar um excepcional TCO para as empresas que querem transformar seus data centers”.

Novas medidas em ambientes virtuais

A virtualização otimiza o uso dos recursos de servidor e reduz custos, o que faz com que sua performance se torne uma métrica-chave para a efetividade e eficiência tanto na nuvem quanto no data center.

O novo HPE ProLiant DL385 com dois processadores AMD EPYC de segunda geração bateu o último recorde mundial ao alcançar 61% mais performance com uma relação preço-desempenho de 29% também melhor.

De maneira semelhante à virtualização de banco de dados, o HPE ProLiant DL325 entregou inacreditáveis 321% mais ganho de performance do que o recorde anterior, provendo uma significativa vantagem na agilidade dos processos de provisionamento de banco de dados e manutenção para ambientes de nuvem, big data e IoT.

Performance e eficiência nesses níveis permitem que se rode mais workloads em menos servidores, reduzindo não somente custos operacionais e de aquisição de hardware, mas também custos de software em que aplicações são licenciadas por unidade de processador.

Extraindo valor dos dados

Dados são o ouro do século 21, um tesouro a partir do qual as empresas podem gerar insights para melhorar as operações de negócios e transformar a experiência do cliente. A rápida análise de dados para extrair seu valor requer processamento excepcional, memória e capacidade I/O.

O HPE ProLiant DL325 com um único processador AMD EPYC de segunda geração assumiu a posição de liderança na análise de dados de memória do Apache Hadoop. O novo servidor derruba os líderes anteriores tanto no fator de escala de 10Tb quanto no de 30Tb com 38% e 37% mais performance, respectivamente. Além disso, o HPE ProLiant DL325 alcançou relação preço-desempenho 30% melhor.

Endereçando sustentabilidade com grande eficiência energética

O consumo global de energia em data centers cresceu 155% desde o ano 2000 e deve crescer na mesma medida em um futuro próximo8.

O novo HPE ProLiant DL385 com a segunda geração do AMD EPYC é hoje o servidor com dois processadores com maior eficiência energética do mundo, com eficiência de servidor 28% mais alta em relação à máquina que estava na liderança até então.


Resultados que importam

No Instituto de Supercomputação de Minnesota, estamos comprometidos em acelerar as pesquisas de ciências e tecnologias que irão agilizar a inovação em diversas indústrias”, disse o Dr. James Wilgenbusch, diretor de Computação de Pesquisas no Instituto, que funciona dentro da Universidade de Minnesota. “Rodando nosso Sistema no HPE ProLiant DL285, estamos ganhando significativa performance – requerida para processar nossos gigantescas e diversos workloads computacionais – enquanto atingimos a eficiência de custo que tínhamos com nosso sistema anterior.

Disponibilizando resultados de registro para clientes da HPE

A HPE torna simples o acesso a resultados de registro de performance e eficiência. Combinação de workloads, uma funcionalidade padrão no HPE ProLiant, traz a expertise dos engenheiros de performance da HPE em perfis preconfigurados que automaticamente otimizam centenas de combinações BIOS de forma a alinhar, com precisão, recursos de servidor a requerimentos de workloads.

A combinação de workloads foi usada extensivamente nos processos que resultaram nos recordes dos servidores HPE ProLiant DL325 e HPE ProLiant DL385.

Uma abordagem holística e 360º em segurança

Ciber-ataques têm se tornado mais frequentes, eficientes e sofisticados, provando que a estratégia típica de segurança do perímetro é inadequada. A HPE propõe uma abordagem de segurança única, holística e 360º, que prepara o servidor com proteção inovadora de firmware, detecção de malware e capacidade de recuperação do firmware até o silício.

A tecnologia de raiz de confiança do silício, exclusiva da HPE, já fez do HPE ProLiant o servidor de padrão industrial mais seguro do mundo. Agora, com a integração do novo Secure Processor embarcado no AMD EPYC com a raiz de confiança do silício da HPE, as empresas ganham ainda mais proteção.

A integração da raiz de confiança do silício da HPE com o AMD Secure Processor fornece uma dupla validação do servidor no nível do BIOS, primeiro pela raiz de confiança do silício da HPE enquanto o servidor inicializa, e depois, também pelo AMD Secure Processos antes que o AMD EPYC inicialize, prevenindo o servidor de rodar o boot caso o firmware esteja comprometido de qualquer forma.

A validação dupla integrada protege aplicações e dados, além de prevenir a disseminação de malware a outros recursos conectados à infraestrutura.

Vale frisar que nos próximos 18 meses, a HPE planeja acelerar sua inovação e colaboração com a AMD para triplicar seu portfolio de produtos equipados com AMD EPYC.