Leonardo Rangel, diretor de canais da HPE no Brasil, reforça parceira com canais e conta do e-commerce para PMEs, com atendimento em português diante da Covid-19
Nossa preocupação é ajudar o cliente na tomada de decisão, para que não fique sozinho no website tentando adivinhar o que comprar e adquira o que realmente precisa e não o que queremos vender.


 
“A inovação pode vir de forma simples, direta e reforçando a parceria com os revendedores”. Assim a HPE define sua mais nova plataforma de vendas, disponibilizada no Brasil, a fim de atender as PMEs que procuram soluções tecnológicas de alto desempenho e mais assertivas para alavancar os negócios.
 
O objetivo do e-commerce é atender tanto os clientes que não conhecem os produtos e têm dúvidas sobre o que é melhor para o momento e procuram infraestrutura de tecnologia básica quanto os que estão procurando promoções e novos serviços. O diferencial oferecido é o atendimento consultorizado, via chat, por profissionais treinados e qualificados, e fornecimento realizado pela revenda HPE onde o cliente está localizado, facilitando a logística na entrega e incentivando a venda dos parceiros. “Queremos que o cliente tenha um caminho para buscar ou comprar os produtos da HPE, por meio da nossa página, e possa se identificar com os produtos, fazer as primeiras consultas e entender o que são servidores e familiarizar-se com os produtos que temos para oferecer”, diz Leonardo Rangel, diretor de canais da HPE no Brasil.
 
Ainda segundo Rangel, “Este não é um e-commerce tradicional pois a estrutura do site não é desenhada para comprar um produto, fechar o carrinho, pagar e esperar pela a entrega, mas indiscutivelmente se trata de uma inovação, já que a HPE não realiza venda direta e, por meio dessa decisão, estamos encurtando o caminho até as revendas”.
 
O que a empresa destaca como grande funcionalidade para o cliente é a central de relacionamento, uma vez que ele pode entrar em contato pelo chat, com atendimento em português em tempo real (em horário comercial, das 8h às 18h), e em inlgês ou via e-mail, para quem acessar fora desse horário.
 
O atendimento, em português, é realizado por consultores que conhecem o portfólio, entendem a necessidade do cliente de pequena ou média empresa e tem como missão encontrar a melhor e mais próxima revenda para entregar o produto, no menor tempo possível.
 
Para dar suporte aos consultores e  revendas, a HPE implantou, no final do ano passado, um setor formado pelos gerentes de negócios, ou Partners Business Manager (PBM) em inglês, que avaliam as informações recebidas e indicam no ecossistema de canais HPE, qual a revenda mais próxima e preparada para atender a demanda. Os PBMs também têm como competência a capacitação dos canais para manter o nível de excelência no atendimento e dar seguimento a potenciais oportunidades
 
No que diz respeito à concorrência, a HPE se destaca por apostar em seu sistema de vendas por canais. “Enquanto outras empresas vendem diretamente para o cliente, a HPE faz isso por meio de canais parceiros, para que, além de vender também possamos impulsionar a economia, em diversos setores, por todo o Brasil e, consequentemente, não apenas por termos uma cobertura mais abrangente, mas estamos mais próximos dos nossos clientes”, diz Rangel.
 
O maior desafio da empresa é completar o ciclo entre pedido, proposta e venda em até 48 horas, uma vez que a cadeia de atendimento também depende da revenda, dos distribuidores e dos produtos de que a gente está falando. “Estamos confiantes de cumpriremos mais essa meta e vamos além, pois a nossa preocupação é ajudar o cliente na tomada de decisão, para que não fique sozinho no website tentando adivinhar o que comprar e adquira o que realmente precisa e não o queremos vender”, acrescenta.
 
Mesmo ainda na  fase inicial do projeto  a HPE já tem em seu pipeline implementações para tornar ainda mais amigável a experiência de compra do cliente, como a ampliação dos horários de atendimento para 24h, de acordo com a demanda. “A forma como os clientes utilizarem a plataforma é o que vai conduzir nossos próximos passos para a disponibilização do serviço por mais horas de atendimento, como o chat em tempo real, por exemplo,”, finaliza Rangel.