Painel de Estratégias 2015

Na edição especial de dezembro em que apresentamos o Painel Estratégico 2015, os principais players do mercado de Tecnologia da Informação (fabricantes e distribuidoras) do país apresentam suas estratégias para o próximo ano e informam ao canal quais serão as tendências, segmentos e novidades em seus portfólios para obter lucratividade e sucesso nas vendas.

Dentre as principais oportunidades, observamos que as empresas pretendem atualizar os programas de canais, captar novas revendas e desenvolver parcerias para agregar cada vez mais valor às vendas. Além disso, as companhias foram unânimes em dizer que o parceiro deve aprofundar o conhecimento dos produtos e soluções que vendem, por meio de treinamentos e certificações.

2015 promete ser o ano de negócios rentáveis ao canal seja pela aquisição de novos clientes ou por ações que estimulem as vendas de valor agregado de soluções e de serviços, com o objetivo de oferecer os melhores projetos ao mercadoConfira o planejamento das operações das empresas e obtenha sucesso nos negócios no ano que está chegando.

 

ACER – INVESTIMENTO NO MERCADO CORPORATIVO

A Acer lançará, em 2015, uma linha de produtos com foco no mercado corporativo. Serão quatro novos produtos

comercializados ao longo do ano (notebooks e AIO) e também pacotes de serviços alinhados com as necessidades

de cada cliente. As tendências do próximo ano serão os modelos 2 em 1 e os conversíveis, que estarão

disponíveis no canal com versões diferentes do varejo. Sugerimos que os parceiros invistam em especialização

de serviços. O parceiro tem que focar na solução para aumentar a rentabilidade. Confi abilidade e competitividade

serão as palavras chave para as marcas que querem atrair os parceiros no próximo ano.

Germano Couy, general manager

 

7COMMREFORÇO AO PROGRAMA DE CANAL

Para 2015, a estratégia da 7COMm será reforçar o programa de canal, com aumento de credenciamento e

treinamentos. A empresa também dará atenção especial às novas demandas e, por isso, focará em tendências

de mercado, como mobilidade, integração de sistemas, através de EDI e gestão fi nanceira. Nestes contextos, o

portfólio terá destaque nas soluções de Antecipação de Recebíveis, VISIT (que permite a localização exata de

vendedores e promotores) e EDI7 Cloud, para integração de sistemas.

Fanie Takase, diretora administrativa

 

AÇÃO INFORMÁTICADESENVOLVIMENTO DE TODA A CADEIA DE DISTRIBUIÇÃO

Reforçamos a cada dia, e reforçaremos ainda mais em 2015, nossa área de apoio comercial por meio dos gerentes

de território que suportam localmente os canais. É fundamental termos profi ssionais com expertise regional

que são focados em determinadas praças para ter sucesso não apenas nas regiões Sul e Sudeste, mas em todo

o país. Além disso, a versão de 2015 do nosso Programa de Canais coloca no centro das nossas estratégias o

Marketing, o Financeiro e a Capacitação de todos os envolvidos no fechamento de novos negócios. Assim desenvolvemos

toda a cadeia, e não apenas uma parte dela.

Maurício Affonso da Conceição, gerente de Produtos, Soluções e Canais

 

ADOBE – APRIMORAMENTO DO PROGRAMA DE PARCERIAS

A Adobe continua vendo os canais como protagonistas deste novo cenário em que o software se direciona cada

vez mais para subscrições e soluções alavancadas no uso de serviços na nuvem. Por isso, o programa de parcerias

Adobe Partner Connection (APC) tem gradualmente voltado seus incentivos, rebates, capacitação e suporte de

marketing ao novo modelo de negócio para ajudar os parceiros. Em 2015, este caminho de aprimoramento

continuará com os aprendizados de 2014, reforçando os benefícios à disposição das revendas.

Rodrigo Munhoz, gerente de Canais

 

AEROHIVE NETWORKS – AMPLIANDO A ESTRUTURA PARA OS PARCEIROS

A Aerohive Networks está reforçando sua estrutura voltada às revendas. Para 2015, a aposta será ampliar a

capilaridade dos parceiros, nas áreas de Varejo, Educação e Saúde, incluindo a chegada de um novo gerente

de Canais. Com trabalho focado no cliente, a empresa considera os canais como importantes vetores de informação

tecnológica e, por isso, investirá para oferecer produtos que ampliem ainda mais as oportunidades de

negócios dos parceiros.

Fernando Lobo, diretor de Vendas para América Latina

 

AGISCONSOLIDANDO O TRABALHO DE GERAÇÃO DE NEGÓCIOS

Em 2014, a Agis iniciou um trabalho junto ao canal que propõe avaliar os atuais modelos de negócios, diante

de tendências como Mobilidade, Big Data e Cloud. Para o próximo ano, o objetivo é consolidar esta avaliação,

apresentando informações, treinamentos e, principalmente, planos de geração de demanda para as revendas

ampliarem seus negócios, identifi cando e aproveitando as principais oportunidades do mercado. Entre as áreas

de destaque, a empresa focará em segmentos como Automação Comercial, Mobile, Network, Server e Storage.

Edson Bucci, gerente de Marketing

 

ALCATEL LUCENT ENTERPRISE – OS CANAIS PRECISAM ELEVAR SEU NÍVEL DE CAPACITAÇÃO

A Alcatel-Lucent Enterprise terá dois grandes focos em 2015: o primeiro será oferecer todas as aplicações

de communication na nuvem. E, assim, conseguir efetivamente trazer todas as aplicações em modelos de

negócios por demanda para que os canais possam oferecer ao mercado este portfólio de ofertas em nuvem.

O segundo ponto é trabalhar na base da infraestrutura das empresas, gestão das redes, acessos unifi cados,

soluções voltadas a perfi l de usuário e não de departamentos. Os canais precisam elevar seu nível de capacitação

em nossas soluções.

Nuno Ribas, gerente geral

 

ALLIED TELESIS – EQUIPE ATENTA PARA SUPORTAR DIFERENTES VERTICAIS

A Allied acredita que 2015 será marcado por projetos de médio e grande portes voltados para infraestrutura em

diversas áreas, como a governamental. Com uma equipe de engenheiros qualifi cados e treinados para oferecer

todo suporte tecnológico à sua comunidade de parceiros, o objetivo da companhia permanece com o foco em

atender a demanda de diferentes verticais sempre com qualidade e máximo valor agregado, para garantir a

satisfação dos clientes fi nais.

Renato Rossetto, vice-presidente de Vendas para a América do Sul

 

AMD – NOVOS PRODUTOS FOCADOS NAS DEMANDAS DO MERCADO

A AMD possui aproximadamente 8 mil canais que comercializam produtos da companhia no Brasil. Para atender

este cenário, a empresa planeja dar continuidade e melhorar o trabalho realizado em 2014, para capacitar os

parceiros e reforçar ainda mais o relacionamento com os canais, ampliando a presença da marca no mercado. O

objetivo é garantir que as revendas, integradoras e varejistas estejam preparados para entender e atender melhor

à demanda dos clientes, com o uso de tecnologia AMD. Além disso, a fabricante lançará novas gerações de placas

gráfi cas, soluções embarcadas e processadores x86 e APUs, para os clientes em ambiente doméstico e corporativo.

Roberto Brandão, diretor geral

 

APLIDIGITAL – BUSCA DE SOLUÇÕES COMPLEMENTARES PARA OS CANAIS

Em 2015, investiremos na capacitação do time técnico a fi m de suprir as necessidades dos canais em relação à área de

pré e pós-venda. A ideia é nos posicionarmos como uma alternativa viável aos serviços profi ssionais das fabricantes.

Além disso, vamos buscar soluções complementares para aumentar o faturamento das revendas em um mesmo

cliente. Entendemos que o principal ativo das revendas são seus clientes, e aumentar as ofertas disponíveis é mais

fácil que buscar novos. Nosso principal foco será em produtos relacionados a segurança e ambientes “cloud”.

Francisco Gandin, diretor-presidente

 

ATTACHMATE GROUP BRASIL – AMPLIAÇÃO DA ESTRATÉGIA DE VENDAS

Estamos reforçando a estratégia de vendas com uma equipe designada para relacionamento com canais. Estão

planejadas ações de treinamento técnico e de vendas para parceiros de nossos principais produtos, além de

campanhas comerciais de incentivo com objetivo de aumentar a lucratividade das revendas.

Outro ponto é que vamos aperfeiçoar o nosso programa de canais atual, incentivando parceiros especializados

e capacitados para obtenção de novos clientes e novos negócios. Acreditamos que os canais que souberem se

adaptar para oferecer soluções inovadoras de infraestrutura e segurança terão as maiores oportunidades.

Leandro Turbino, country manager

 

AVAYA – APOSTA EM UMA NOVA ABORDAGEM DE DESENVOLVIMENTO

Com o objetivo de atender as demandas dos parceiros, a Avaya criou uma nova abordagem de treinamento e

desenvolvimento de canais parceiros, focado na capacitação técnica e de vendas. Para o próximo ano, o objetivo

é seguir com este processo de capacitação e também mapear parceiros especializados, que ajudem a aumentar

o cross-selling das soluções da marca. Além disso, a empresa destacará as ofertas para o mercado de midmarket

e cloud, trazendo as evoluções da linha de produtos da família IP Offi ce.

Márcia Golfetti, diretora de Canais

 

AVERMEDIA – EXPANDINDO A MARCA COM O APOIO DOS CANAIS

Com estratégias focadas no canal, a AVerMedia quer que os usuários tenham maior conhecimento da linha e maior

acesso ao canal. Em 2015, a ideia é que todos os parceiros de vendas sejam fortalecidos, com ações de marketing,

como displays nas lojas físicas e banners e e-mail marketing nas lojas virtuais. Além disso, a empresa pretende trazer

novos produtos que reforcem a posição da fabricante no mercado e ampliem o retorno das revendas. Para o segmento

B2C, a proposta é trazer produtos para o mercado corporativo e gamer. Já em relação ao B2B, o objetivo é

fortalecer a solução de encoder de streaming e apresentar um receptor de streaming para TVs convencionais.

Rafael Schadeck, gerente de Marketing

 

AVG TECHNOLOGIES – RECEITA RECORRENTE NA VENDA DE SOLUÇÕES

Recentemente, a AVG Technologies adquiriu a distribuidora Winco com o objetivo de oferecer um apoio ainda

maior para as revendas. Os produtos disponibilizados, que oferecem uma variedade de soluções, poderão ser

comercializados na modalidade de assinatura mensal. Isso, além de facilitar a venda, porque o cliente não precisa

fazer um desembolso inicial alto, proporcionará à revenda uma receita recorrente.

Em 2015, a companhia vai ampliar o portfólio com o AVG Cloud Care (plataforma de gerenciamento) e o AVG

Managed Workplace (serviço de gerenciamento e monitoramento remoto).

Mariano Sumrell, diretor de Marketing

 

AVNET TECHNOLOGY SOLUTIONS BRASIL – O CANAL DEVE BUSCAR MAIOR QUALIFICAÇÃO EM TECNOLOGIA

A Avnet Technology Solutions Brasil investe na melhoria contínua de sua estrutura de atendimento e em ferramentas

que suportem os canais no, desenvolvimento de negócios, no marketing e na gestão da entrega. Adicionalmente,

reforçamos nosso portfólio com produtos e serviços de fabricantes mundiais com os quais construímos parcerias

diferenciadas. Nossas equipes são treinadas para otimizar todos esses esforços e gerar as vantagens competitivas

exigidas no posicionamento de soluções de valor. Com unidades de negócios IBM, Oracle, Cisco, EMC, NetApp e, agora,

Lenovo, temos a capacidade de suprir quaisquer soluções de Software, Hardware e Serviços destas fabricantes. O

canal deve buscar maior qualifi cação em tecnologia e se inserir no mundo “Cloud” e “As a Service”.

Nicolau Branco, diretor de Vendas

 

AXYON – FOCO NA CAPACITAÇÃO DOS PARCEIROS

Para 2015, a Axyon espera aumentar em 25% sua representatividade nas verticais de TI/Network, Security e

Telecom, com destaque para soluções de telefonia iP, terminações de fi bra (GPON) e soluções para segurança

digital. Para esse cenário, a estratégia será investir em novas marcas para fortalecer a oferta aos clientes. Além

disso, a distribuidora pretende focar cada vez mais a capacitação dos parceiros, oferecendo um programa completo

de certifi cações, treinamentos e cursos, em ações espalhadas pelo país.

Rodrigo Martini, diretor de Marketing e Vendas

 

BELKIN – ESTRATÉGIA PARA AUMENTAR A VISIBILIDADE

Em 2015, a expectativa da Belkin é ampliar a presença de suas marcas no mercado. Presente com as linhas

Belkin, Linksys e Wemo, a companhia aposta em novas ações de marketing junto aos canais, além de trazer

novidades em distribuição que ampliem a chegada dos produtos em mercados regionais. Em complemento à

essa estratégia, a companhia pretende trazer novos produtos, com destaque aos novos roteadores Linksys e a

linha de automação residencial da Wemo, que começou a ser trabalhada em 2014 no Brasil.

Paulo Ferreira, country manager Brasil

 

BEMATECH – CONTINUIDADE ÀS CAMPANHAS E AÇÕES DIRECIONADAS AOS CANAIS

A Bematech quer, em 2015, dar continuidade às campanhas e ações direcionadas aos participantes do programa

estruturado Bematech Mais. O objetivo é ampliar os resultados na comercialização e no serviço de pós-venda

junto aos clientes da marca. Outra meta para o próximo ano é a reestruturação de processos internos e o lançamento

de um novo módulo do programa, voltado às revendas dos produtos de software da companhia.

Fabio Moro, gerente de Canais

 

BENNER – OPORTUNIDADES MAIORES NO MERCADO DE MIDDLE MARKET

Para 2015, a estratégia é segmentar os canais pelas verticais de relevância para a Benner: como logística, jurídico,

recursos humanos e saúde, e reforçar suas linhas de atuação com a incorporação de soluções de EAD e BPO.

Também pretendemos buscar novas integradoras, prover uma forte sistemática de capacitação comercial e de

serviços e fomentar a geração de leads. As maiores oportunidades estão no mercado de middle market e na

necessidade que estas empresas têm de contar com um processo integrado de gestão. Para que os canais sejam

capazes de otimizar seus negócios é preciso que invistam em um forte processo de capacitação e retenção de

talentos, o que aumentará exponencialmente a capacidade de geração de resultados.

Sergio Botelho, diretor comercial

 

BENQ – AMPLIAÇÃO DO PORTFÓLIO NO SEGMENTO GAMER

No próximo ano, a BenQ iniciará as vendas da segunda geração de projetores fabricados no Brasil (MS524B e

MX525 B), produtos com maior luminosidade, mais leves, e cores mais vivas e duradouras.

A companhia trará também a segunda geração de projetores de produção local e a linha de projetores Ultra-

-Curta Distância. Outra novidade é que a fabricante vai aumentar o portfólio no segmento de games. A empresa

dá uma dica ao parceiro que a segmentação das linhas de produtos aumenta a lucratividade da revenda.

Marcelo Café, diretor comercial

BETALABS – EXPANDIR A REDE DE CANAIS E FOMENTAR UM VOLUME MAIOR DE NEGÓCIOS

A Betalabs pretende fazer um grande investimento em divulgação e comunicação no próximo ano. O objetivo

é expandir a rede de canais e fomentar um volume maior de negócios. Para atingir essas metas, a empresa já

atualizou seus produtos para permitir aos canais a possibilidade de agregar serviços no processo de implementação,

melhorando o nível de serviço e criando oportunidade de novas receitas.

Luan Gabellini, sócio fundador

 

BITDEFENDER – ATENÇÃO NA OFERTA DE SOLUÇÕES ÀS EMPRESAS

A Bitdefender pretende reforçar seu foco atual no mercado corporativo. A empresa orienta os parceiros locais

para a oferta de soluções, principalmente adequadas às necessidades das PMEs, que representam o maior

contingente de usuários pagantes de antivírus no Brasil. A companhia vai aumentar o apoio às revendas na

prospecção e em formas de abordagem a este tipo de cliente, dando maior ênfase à entrega de soluções na

nuvem, ajudando os canais a popularizarem em proteção de ambientes virtualizados.

Eduardo Dantona, country partner

 

BMI – SEGMENTAÇÃO DE NOVOS NICHOS

A BMI, empresa brasileira focada em produtos de proteção de energia, traz para 2015 tendências de negócios e oportunidades através

do desenvolvimento de novos canais estrategicamente defi nidos em todo o Brasil, implementando a segmentação de novos nichos de

mercado principalmente nas regiões Sul e Sudeste.

Como prioridade investiremos em equipamentos de maior potência voltados principalmente para o mercado corporativo e reforçamos

que o conhecimento se faz necessário para discernimento da venda, ou seja, vamos priorizar o investimento na capacitação do canal.

Cristina Pacheco, gerente Comercial

 

BYCON – DISSEMINAR A INFORMAÇÃO DA LINHA DE PRODUTOS

A Bycon acredita que é preciso disseminar informação pelo Brasil inteiro sobre o mercado, principalmente detalhes

técnicos da linha de produtos, pois a propagação do conhecimento faz com que aumente a confi ança de

nossos parceiros no momento da venda, ampliando a chance de fechamento do pedido. Vende bem aquele que

confi a no que está falando e só assina o cheque da compra quando sente confi ança no que lhe estão vendendo.

Portanto, estamos estruturando ações como road show, workshop e palestras que deverão ser aplicadas em

todos os Estados, com o intuito de capacitar melhor nossa rede de parceiros.

Caio Monte Claudio, gerente Comercial

 

CHECK POINT – NOVO PLANO DE CANAIS

Vamos lançar um novo plano de canais em janeiro de 2015 onde o canal terá participação ativa em nossa estratégia,

recebendo rebates e verbas de marketing de acordo com seu progresso na comercialização das soluções

da Check Point. O objetivo é que o canal consiga aumentar sua rentabilidade com a venda dos produtos da marca.

Além disso, estamos trazendo soluções inovadoras em segurança que permitirão uma maior integração com

todos os sistemas de gerenciamento utilizados pelos clientes. Esta integração trará uma vantagem competitiva

para os nossos parceiros e um maior controle de todo o ambiente de rede para nossos clientes.

Claudio Bannwart, country manager

 

CIGAM – GERAÇÃO DE OPORTUNIDADES AOS CANAIS

Em 2015, a principal estratégia da Cigam será gerar oportunidades aos canais da companhia e levar produtividade

aos clientes em torno da campanha “Efi cácia operacional”, que está no DNA da empresa. Haverá também

o programa de canais focado na solução SigeCloud, para pequenos canais e consultores independentes; o Pacote

Cigam Start, um modelo ágil de implementação, com redução de até 45% no custo do projeto; além do

lançamento da versão RIA do ERP Cigam. Será um ano que terá a produtividade como regra.

Robinson Klein, diretor de Mercado

 

CISCO – NOVAS DEMANDAS DOS CLIENTES

Os canais seguem sendo um dos principais ativos da Cisco. Neste sentido, para 2015, lançaremos importantes ações

para ampliar a parceria e os negócios com nossos canais, capturando de forma mais efetiva as transições de mercado

e atendendo as novas demandas de nossos clientes.

Entre as ações que daremos destaque temos: atualização do portfólio, novidades nos programas de certifi cação e

especialização; capacitação continuada, expansão da fabricação local, entre outras. Sugerimos também que os canais

conheçam o negócio de seus clientes e estejam preparados para recomendarem as melhores soluções existentes.

Marcelo Ehalt, diretor de Canais, Managed Services e Cloud

 

CITRIX – INVESTIMENTOS PARA ESTIMULAR AS VENDAS

A Citrix quer crescer ainda mais no Brasil. Para isso, a companhia pretende ampliar o relacionamento com os

canais, investindo em ferramentas de capacitação dos parceiros, com treinamentos e serviços para atender as

demandas das revendas. Outra meta para 2015 é estimular a geração de valor agregado por parte dos canais,

sobretudo para a área de mobilidade. No cenário de produtos, a empresa trará a evolução das linhas XenMobile,

XenDesktop, XenApp, NetScaler, Cloud Bridge e Workspace Suite.

William Pimentel, diretor de Canais

 

CLICKSOFTWARE – O OBJETIVO É CAPACITAR OS CANAIS

A principal estratégia da ClickSoftware para 2015 será criar uma área de Partner Enablement dedicada a capacitar,

treinar e disponibilizar informações para que os canais tenham total expertise nas soluções da companhia.

Além disso, a companhia pretende fi rmar novas parcerias com integradoras e implementadoras que atuem em

todos os países da América Latina. Outro objetivo é aumentar a oferta de soluções baseadas em nuvem e voltadas

à mobilidade, com apps disponíveis na internet.

Mara G. Santos, gerente de Alianças para América Latina

 

CLM – SINTONIZADOS COM A EVOLUÇÃO DA INTERNET DAS COISAS

A estratégia da CLM, em 2015, será tecnologia, incorporando novas fabricantes de ponta, e trazendo para o

Brasil o estado da arte da tecnologia disponível no mundo. Em relacionamento, continuaremos desenvolvendo

serviços que permitem aos canais atender mais e melhor seus clientes, com os recém-criados Núcleos de Serviços,

como Financeiros estruturando as melhores ofertas de fi nanciamento. Teremos profi ssionais para suprir as

necessidades técnicas dos canais na pré-venda, suporte e consultoria e apoio à Marketing permitindo organizar

e sistematizar o investimento em marketing das fabricantes e canais visando extrair o máximo da verba disponível.

Também estamos sintonizados com a evolução da Internet das Coisas.

Francisco Camargo, CEO

 

COMSTOR – FOCO NAS OPORTUNIDADES DE MERCADO

A Comstor aposta em Iniciativas que contribuam para que o canal obtenha o melhor retorno possível de seus

investimentos. 2015 será um ano desafi ador. Os canais devem se concentrar nas oportunidades com chance de

realização, independentemente do segmento a que pertença o cliente fi nal.

Em nossa linha de distribuição, manteremos o foco nas soluções Cisco, Smart e Panduit. Indicamos para o canal

que maximize esforços nas linhas em que têm expertise para ampliar os lucros em 2015.

Humberto Menezes, diretor geral

 

COMTAC – PROGRAMA SIMPLIFICADO DE CANAIS

Nosso foco, em 2015, será ampliar a oferta da companhia de acordo com as tendências de mercado, lançando produtos,inovadores

que favoreçam o incremento da receita aos canais SMB. Para aprimorar a qualidade das ofertas Comtac na ponta, lançaremos um programa

simplifi cado de canais que, além de incluir um moderno modelo de treinamento, vendas e negociação, ainda visará diminuir a

constante pressão por descontos. Dessa forma, colaboramos com a lucratividade e, consequentemente, com a longevidade dos canais.

Sonia Souza Silva, diretora executiva

 

COREL – NOVOS MODELOS E DIVERSIFICAÇÃO DE PORTFÓLIO PARA ATRAIR NEGÓCIOS

Para o próximo ano, a Corel pretende manter o trabalho realizado junto aos canais, em 2014. A ideia da companhia

é continuar disponibilizando novos modelos de negócios para os parceiros, além dos sistemas de vendas

por assinaturas (EAD) e software na Nuvem. Outro foco da empresa será a diversifi cação do portfólio oferecido

ao mercado, com investimentos para o lançamento de novos aplicativos para dispositivos móveis. Alinhada a

estas propostas, a Corel avalia que os parceiros devem aprofundar-se no entendimento do negócio dos seus

clientes e ofertar soluções e serviços que vão ao encontro das necessidades do mercado, para ampliar as oportunidades

de negócios e aproveitar ao máximo os portfólios das fabricantes.

Flávio R. Tedesco, channel manager

 

DATAPLACE – INVESTIMENTOS NA CAPACITAÇÃO CONSTANTE DA REDE DE PARCEIROS

A Dataplace planeja, para 2015, incrementar ainda mais o seu investimento no crescimento da rede de canais

já que, no decorrer de 2014, esta estratégia se mostrou bastante efi ciente. A empresa continuará investindo na

capacitação constante dos parceiros e nas estratégias de marketing e divulgação dos produtos. Atentos às novas

demandas por aplicativos voltados ao atendimento das exigências legais, fi scais e tributárias do país (eSocial,

SPED-ECF, Bloco K, etc.), vislumbra que, assim, as vendas possam ser potencializadas, o que resultará na expansão

das representações, parcerias e canais.

Heloiza Perozim P. Gardinale, gerente de P&D

 

DELL – SOLUÇÕES COMPLETAS DE PONTA A PONTA

Em 2015, a Dell disponibilizará todo o portfólio de soluções aos parceiros, para que eles entreguem aos clientes

soluções de ponta a ponta, agregando valor e se diferenciando no mercado. A companhia vai investir no aumento

das equipes de apoio dedicadas aos canais, na simplifi cação de processos, no desenvolvimento de ferramentas

de vendas e, principalmente, em treinamentos para que as revendas tenham autonomia para desenvolver

projetos com soluções que atendam às demandas dos clientes. Os canais poderão optar pela especialização

em linhas de produtos como servidores, armazenamento, networking e software.

Rafael Schuh, diretor de Canais

 

D-LINK – NOVOS BENEFÍCIOS NO PROGRAMA DE CANAL

Queremos estar cada vez mais próximos dos nossos canais e dos clientes. Atualmente, temos um programa de

canal no qual pretendemos ampliar e diversifi car para o próximo ano, trazendo benefícios tangíveis para os parceiros.

Para 2015, já temos mapeado vários lançamentos. Podemos destacar: a nova tecnologia que permitirá que

a rede Wi-Fi seja transmitida pela rede Elétrica (D-Link Powerline). Também vamos aumentar ainda mais o número

de produtos com a tecnologia 11ac (5ª geração do Wi-Fi), recentemente adotada como este novo padrão.

Antonio Guedes, diretor de Vendas

 

DSI DISTRIBUIDORA – INVESTIMENTO NO SERVIÇO PÓS-VENDA

A DSI, em parceria com a Samsung Techwin, agora conta com uma série de equipamentos voltados à Vertical de

Transportes. O principal destaque é o NVR Veicular, com monitoramento 3G e 4G, além de GPS integrado e gravação

de até 8 câmeras Full HD. Temos também a inserção de novas PTZs, com 32X de Zoom Análogico e 2Mp,

embarcando a solução DSP WiseNet 3. As tendências, em 2015, serão as aplicações de melhores práticas para

fazer com que as empresas se relacionem adequadamente com clientes. A companhia sugere que o parceiro

invista no Serviço Pós-venda, Sistemas de informação e Imagem corporativa.

Ricardo Gutierres, diretor Comercial

 

EATON – LANÇAMENTO DE UMA NOVA LINHA DE NO-BREAKS MONOFÁSICOS

Em 2015, a Eaton ampliará o seu programa de capacitação e benefícios aos canais e haverá uma grande abertura

no portfólio do setor elétrico, possibilitando a venda de um número maior e mais completo de soluções.

Haverá ainda o lançamento de uma nova linha de no-breaks monofásicos (6 a 20 kVA), e, com isso, a empresa

contará com mais soluções para proteção e gerenciamento de energia. A melhor maneira de otimizar os negócios

é através da capacitação para conhecer as aplicações e integrações dos produtos, pois só assim a revenda

conseguirá realizar uma venda consultiva de valor agregado e estabelecer parcerias duradouras com os clientes.

Michel Thomashuk Leis, diretor de Vendas e Canais

 

ELGIN – NOVIDADES COM VALOR AGREGADO E BOAS MARGENS

A Elgin continuará suprindo os canais com produtos de fabricação nacional e suporte local, que consigam oferecer

boas margens às revendas. Este é o principal objetivo da companhia, que pretende expandir sua atuação nos segmentos

de AIDC, Automação Comercial, no próximo ano, sempre com alto valor agregado. Em 2015, a companhia

deve trazer novidades, sobretudo, nos segmentos de Food Service e em relação à produtos que atendam as novas

legislações fi scais. Outro foco é apresentar oportunidades que ajudem os canais a expandirem seus negócios.

Rafael Tamassia, gerente de Produto

 

EMC2 – ADOÇÃO DO MODELO DE NUVEM HÍBRIDA

O novo BPP (Business Partner Program) da EMC2 entra em vigor em janeiro de 2015. Este programa visa proporcionar

um ambiente mais simples, rentável e previsível para os parceiros. Os canais passarão a receber seus rebates a partir do

primeiro dólar vendido, diferentemente do programa anterior onde metas eram estabelecidas. Uma das apostas para

o próximo ano é a adoção do modelo de nuvem híbrida, para isso disponibilizamos a solução EMC Enterprise Hybrid

Cloud que permite que os clientes façam um gerenciamento completo dos serviços de infraestrutura.

Vicente Lima, diretor de Canais para o Brasil e Cone Sul

 

EPSON – FOCO EM PRODUTOS DE MAIOR VALOR AGREGADO

A Epson tem como objetivo ajudar o canal a buscar um maior crescimento nas vendas através de produtos de

maior valor agregado e que trazem grandes benefícios para o consumidor como a linha de impressoras EcoTank

e os projetores WXGA. Uma das estratégias da companhia é focar em conectividade, como a digitalização para a

nuvem, disponível em alguns modelos do portfólio, que torna possível a integração do documento físico para o

digital em praticamente qualquer lugar, além de acesso remoto ao equipamento.

Fernando Pereira, diretor Comercial

 

ESET – NOVA ESTRUTURA PARA PARCEIROS

A ESET acredita que o próximo ano manterá a tendência de crescimento para a área de segurança. Para ampliar

os resultados neste cenário, a empresa pretende investir em treinamento e capacitação dos canais. Além disso,

uma nova estrutura de vendas será formada para atender os principais parceiros da ESET e dará atenção plena a

essas revendas, que seguirão tendo o programa de Rewards, com recompensas a partir dos resultados obtidos. Em

relação ao portfólio, a companhia reforçará as linhas já lançadas e apresentará produtos, com destaque para os

itens domésticos e para o consumidor fi nal.

Camillo Di Jorge, diretor geral da ESET Brasil

 

ESYWORLD – FOCO EM TREINAMENTO, QUALIFICAÇÃO E APOIO NOS PROCESSOS DE PRÉ E PÓS-VENDAS

Para 2015, as estratégias da EsyWorld estarão focadas em treinamento, qualifi cação e apoio nos processos de pré

e pós-vendas e marketing. A empresa estará mais ao lado da revenda no processo de qualifi cação e delivery das

soluções. Recentemente, a distribuidora selou uma parceria com a Barracuda Networks e, com isso, estará iniciando

o processo de captação e capacitação de revendas para esta nova parceria. Além disso, focará no EsyService,

unidade de negócios da EsyWorld para apoiar o canal na oferta de serviços.

Luís Rogério Moraes, CEO

 

EXCEDA – APOIO TOTAL À QUALIFICAÇÃO DOS PARCEIROS

Para 2015, a Exceda tem como objetivo aprimorar a metodologia de qualifi cação dos canais, com treinamentos e

eventos com informações sobre o ciclo de vendas e a geração de demandas. Além disso, a companhia irá disponibilizar

um novo portal, para reforçar as estratégias de negócios. Em termos de produtos, a empresa oferecerá soluções

voltadas para a disponibilidade, performance e segurança com foco nos mercados: fi nanceiro, e-commerce,

mídia e entretenimento, educação (e-learning) e setor público.

Ricardo Zovaro, diretor de Canais e Alianças para América Latina

 

F5 NETWORKS – CAMPANHAS DE INCENTIVO DE VENDAS

A F5 Networks planeja uma série de treinamentos comerciais e técnicos gratuitos complementares aos que existem

hoje. Também serão montadas duas campanhas de incentivo de vendas para a área comercial dos canais,

com intuito de fomentá-los a abrirem novas oportunidades e vender o portfólio de segurança da companhia.

As duas principais oportunidades de negócio, em 2015, estão em novos produtos (módulos) que complementem

a oferta atual da F5 aonde os canais poderão vender para os clientes antigos e novos, e também soluções num

modelo de serviços, onde os canais que possuem datacenter poderão comercializar as nossas soluções como

serviço para os clientes.

Rafael Venâncio, gerente de Canais Brasil e Cone Sul

 

F-SECURE – AMPLIANDO O PORTFÓLIO PARA ATENDER O MERCADO

A F-Secure avalia que as tecnologias Cloud e de SaaS continuarão crescendo em 2015. Por isso, a empresa destaca

que a oferta de segurança baseada na nuvem da companhia, a PSB, comercializada também como SaaS, será

ampliada com soluções de conteúdo e privacidade. Além disso, o Younited for Business e Freedome for Business,

complementarão o amplo portfólio de soluções em segurança para empresas de todos os tamanhos. A ideia

é oferecer caminhos que maximizem o lucro das receitas, como, por exemplo, na possibilidade de se agregar

serviços às vendas de licenças de software.

Karin Jung, Head of Corporate Business para a América Latina

 

FLEXPORT – AMPLA LINHA DE CONECTIVIDADE PARA AUTOMAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL

A Flexport aumentará o mix de produtos de conectividade atendendo mais segmentos em diferentes categorias,

como agronegócios, mineração, energia renovável etc; capacitando e treinando os parceiros a gerarem

mais demanda. Além da ampla linha de conectividade para automação comercial e industrial que serão incrementadas,

em 2015, a companhia trabalhará com a comercialização do SAT Fiscal. Produto que atenderá a

legislação, onde o comércio terá que substituir Emissor de Cupom Fiscal (ECF) pelo Sistema de Autenticação e

Transmissão de Cupom Eletrônico (SAT) onde não for aplicada a NFC-e.

Maria Cláudia Frison, coordenadora de Canais

 

FORTINET – AMPLIAÇÃO DO PLANO DE CAPACITAÇÃO COM AGENDA DE TREINAMENTOS

A Fortinet estenderá a sua presença em todo o Brasil, para atender localmente regiões estratégicas, além de aumento

do próprio contingente. Com isso, aprimoraremos o trabalho do canal ao apoiá-lo no fechamento de novos

negócios. A empresa ampliará o plano de capacitação com agenda de treinamentos nos grandes centros, atraindo

revendas iniciantes em seu programa. A Fortinet Brasil cresce para garantir o atendimento aos parceiros com o

intuito de que estes maximizem sua lucratividade através da oferta de arquiteturas de segurança da companhia.

Eduardo Siqueira, diretor de Canais

 

FURUKAWA – INVESTIMENTO EM SOLUÇÕES DE VALOR AGREGADO

A Furukawa pretende ampliar e melhorar o apoio aos parceiros, para isso a empresa vai atualizar a política

comercial, reforçar a forca de vendas da marca e investir na geração de novas soluções de valor agregado.

A companhia avalia que os canais devem fi car atentos com as soluções de fi bra óptica para ampliar as vendas.

Em 2015, a empresa vai lançar a solução Laserway, voltada para o mercado Enterprise, além disso, a Furukawa

indica que as revendas fi quem atentas as soluções em nuvem que tem permitido um crescimento de receita na

ordem de 40% à empresa como a Solução ITMAX.

 

GOLDEN DISTRIBUIDORA – EXPANSÃO DA LINHA DE PRODUTOS BUSCANDO SEMPRE POR NOVOS CANAIS

Em 2015, a Golden irá expandir sua linha de produtos buscando sempre por novos canais. A tendência de negócios

será no foco de suprimentos (cartuchos, toners, papel e acessórios), onde manteremos o crescimento no mercado

de hardware de impressão. Para o mercado varejista, a distribuidora seguirá no desenvolvimento da linha de mobiles

e CE, e para o mercado Digital Signage conta com uma equipe focada nas soluções LG. Contamos também

com a linha de smartphones da fabricante BLU, onde foram lançados 27 novos modelos homologados pela Anatel

e com a previsão de outros mais para o próximo quarter (Q1 2015). A Samsung troca praticamente toda a linha de

CE uma vez ao ano, assim como Panasonic e Electrolux. Ou seja, diversas oportunidades estão disponíveis.

Eduardo Villas Boas, diretor Comercial

 

GOMAQ – FORTALECENDO PARCERIAS, PARA AUMENTAR OS RESULTADOS

Em 2015, a Gomaq quer intensifi car o trabalho de capacitação das revendas, com treinamentos técnicos e comerciais.

Envolvendo as fabricantes, o objetivo é, não apenas esclarecer dúvidas, mas também levar e receber

informações importantes para o negócio. A empresa acredita que a melhor estratégia é fortalecer a parceria

e dar condições às revendas para negociarem os produtos. Distribuidora de produtos das marcas Brother, Lexmark,

Sharp, Riso e Dascom, a empresa ressalta o trabalho de desenvolvimento de soluções de acordo com as

demandas dos clientes, o que pode ajudar os canais a alavancarem suas vendas.

Danilo Munhos, coordenador de Marketing

 

HP – SIMPLICIDADE ATRAVÉS DO PROGRAMA DE CANAIS PARTNER ONE

Em 2015, a HP focará, uma vez mais, na rentabilidade ao vender os produtos da companhia aliados ao apoio do

Programa de Canais PartnerOne. As categorias do programa são: Business, Silver, Gold e Platinum Partners, sendo

que as três últimas contam com benefícios fi nanceiros a partir da primeira venda – sem cotas e sem limites.

No ano fi scal de 2015, o programa elevará mais um grau de simplicidade que é a base do programa: ser simples

para os nossos parceiros entenderem facilmente como ganhar mais vendendo produtos HP. A grande novidade

para PPS é a inclusão de Suprimentos que ocorrerá já a partir do segundo trimestre de 2015. Além disso, através

do Marketing Cooperado, os canais elegíveis dentro do programa recebem inúmeros benefícios.

Renato Barbieri, diretor de canais de PPS

 

HUAWEI – INVESTIMENTO NA CAPACITAÇÃO DOS PARCEIROS

Em 2015, a Huawei continuará destacando a capacitação de profi ssionais e parceiros. A empresa já havia anunciado

a chegada do Huawei Authorized Learning Partner, programa de canal, ao Brasil, em 2014, e iniciativas

como esta terão ainda mais força no próximo ano, chegando a mais localidades e parceiros.

A companhia sugere que o entendimento e a capacitação em tecnologias de acesso, como as redes sem fi o de

alta velocidade Wi-Fi 802.11ac, se tornam fundamentais para os canais. As empresas e os profi ssionais que mais

se prepararem e capacitarem serão muito bem recompensados pelo mercado.

Rômulo Horta, diretor de Marketing

 

IBM – ENTREGA DE SOLUÇÕES COMPLETAS

Nossa missão, em 2015, é ajudar os nossos parceiros a entenderem e unirem-se à IBM, para entregar soluções cada

vez mais completas para o mercado. Transformação: essa é a grande aposta da companhia. Precisamos, juntos

com o canal, mudar e atender esta necessidade do mercado na venda de soluções. A tendência é que toda empresa

se torne especializada, incorporando software e que ofereça valor agregado e serviços a seus clientes. Ser um

canal diferenciado e que agrega valor para o cliente é sem dúvidas a maior chave para o sucesso.

Vânia Curiati, diretora de Canais

 

INTEL – FORTALECIMENTO DO PROGRAMA DE CANAL

A Intel fortalecerá o seu programa de canal ITP (Intel Technology Partner) com novos benefícios e novas ferramentas

de geração de demanda. Haverá conteúdos organizados por segmento e uma gama de novos prêmios

que poderão ser trocados com maior facilidade. A companhia investirá em sessões específi cas para os canais que

atuam em SMB, Educação e outras verticais. Além das ações de geração de demanda e benefícios, o programa

da Intel terá foco ainda maior na educação dos parceiros de negócios. Com o dinamismo do mercado, investir

em treinamentos é algo fundamental para uma boa venda.

Maurício Ruiz, diretor de Vendas

 

INTELECTA – ACELERAÇÃO DO MODELO DE VENDAS SAAS

Oferecer um modelo compatível com as necessidade do mercado, que fi delize o cliente, mas também permita

ao canal atuar com uma solução diferenciada e reconhecida, que garanta a rentabilidade desejada. Este é o

objetivo da Intelecta em 2015. Para isso, a empresa quer acelerar o programa de vendas no modelo SaaS, compartilhando

receita com os parceiros. Além disso, outra meta é aumentar a capilaridade no Brasil, expandindo,

através de ações regionais em praticamente todos os estados do país.

Carlos Mariano, diretor comercial

 

INGRAM MICRO BRASIL - FORTALECER A OFERTA DE SOLUÇÕES EM CLOUD, MOBILIDADE E AUTOMAÇÃO

Em 2015, vamos continuar crescendo, investindo em novas parcerias, negócios e linhas de produtos, sempre

em linha com as estratégias das fabricantes e as demandas de mercado. Vamos fortalecer a oferta de soluções

em cloud, de mobilidade e automação, e complementar o portfólio de VAD para soluções avançadas. Também

acreditamos fortemente no sucesso do VTN, – Venture Tech Network, nosso programa que ajuda canais de

valor agregado a ampliarem seus negócios. Acreditamos que esta iniciativa auxiliará a Ingram Micro e nossos

parceiros a pensar fora da caixa.

Diego Utge, diretor geral

 

I.R.I.S – APOIO COMERCIAL AOS CANAIS

A I.R.I.S fará parcerias com distribuidoras, para oferecer melhor atendimento ao parceiro, e, além disso, aumentará

o apoio comercial, promovendo campanhas de marketing e treinamentos online e presenciais.

Em 2015, apostamos nos softwares de reconhecimento e gerenciamento de documentos que atendem as demandas

crescentes pela digitalização e desmaterialização de documentos em formato papel no mercado, para

isso está previsto ampliar o portfólio com modelos exclusivos de digitalização portátil.

Bertrand Cambornac, country manager

 

IPSWITCH – EXPANSÃO DO PROGRAMA DE CANAL

Junto à Network1, a meta é consolidar uma rede de 15 Gold Partners e expandir o programa de canal, Partner

Program Ipswitch, no Brasil, para incentivar a participação e a certifi cação das revendas que desejam se aprimorar

e, com isso, obter descontos diferenciados.

Para isso, criamos o Partner Portal que é atualizado diariamente com todo material técnico, comercial e de

marketing, além de cursos gratuitos do Programa de Certifi cações Ipswitch. E os maiores usuários, justamente,

são os canais mais bem sucedidos do mundo.

Alessandro Porro, vice-presidente de Vendas Internacionais

 

KINGSTON – DIFERENTES SOLUÇÕES PARA MERCADOS DE NICHO

A companhia trabalha junto às distribuidoras desenvolvendo o canal B2B e B2C. Em 2015, aposta no lançamento

de produtos e mapeamento das oportunidades para os mercados corporativos, gamer e mobile, investindo em

programas de qualifi cação, treinamento e certifi cação para os canais parceiros. A empresa fabrica produtos com

componentes de alta qualidade, 100% testados, e oferece uma série de serviços exclusivos e gratuitos no Brasil:

suporte técnico e RMA local, atendimento 0800 e via web, assessoria em projetos corporativos, entre outros.

Paulo Vizaco, diretor executivo

 

KLIP XTREME – NOVIDADES NO PORTFÓLIO

Em 2015, a Klip Xtreme vai apoiar o canal para avançar dentro das vendas para o varejo; não somente com as

ações de marketing, mas também tendo preços competitivos que aumentam as margens para toda a cadeia de

distribuição. A empresa observa que há duas categorias em ascensão: Mobilidade e Portabilidade.

Alinhados a essas tendências, o nosso portfólio de produtos trará novidades nos fones e caixas de som bluetooth,

baterias portáteis, linha de bolsas femininas para executivas que buscam estilo para carregar os seus

notebooks, entre outros.

Ana Paula Araujo, country manager Brasil

 

LACERDA SISTEMAS E ENERGIA – AMPLIAÇÃO DA PRODUÇÃO DE EQUIPAMENTOS

Trabalharemos nos canais regionais, atuando em feiras e eventos pelo Brasil, prestando apoio aos parceiros atuais e buscando ampliação

de nossa rede de revendas. Investiremos na ampliação da produção de equipamentos para atender as demandas do mercado. As

novidades em nosso portfólio estão em novos no-breaks das linhas home offi ce e corporativa, desenvolvidos para diversos setores

como: automação, segurança e TI. É importante que o parceiro invista na capacitação constante das equipes, além de estabelecer

estratégias de marketing focadas em produtos de maior demanda e rentabilidade.

Meire Pavanelo, gerente de Vendas

 

LECOM – SUPRIR A DEMANDA DOS CANAIS COM UM ATENDIMENTO PERSONALIZADO

A Lecom realizará uma grande expansão na equipe com o intuito de suprir de maneira ainda mais efi ciente as

demandas de seus canais e com um atendimento personalizado. Disponibilizará também diversos treinamentos

ao longo do ano para aprofundamento da tecnologia oferecida no AtosBPM, além de contato com áreas diversas

como Marketing & Negócios para apoio em suas ações. Com o lançamento do ECM em nossa plataforma

Atos, que passa a fazer parte da nossa rotina, podemos oferecer soluções mais completas agregando mais valor

aos nossos projetos.

João Cruz, CEO

 

LENOVO – INVESTIMENTO NO SEGMENTO CORPORATIVO

Entendemos que ampliar o acesso às informações e novas ferramentas de vendas devem facilitar o dia a dia dos

canais, aumentando assim a efetividade com os clientes. Também iremos expandir ainda mais o nosso programa

de treinamento. A Lenovo vai investir fortemente no mercado de tablets para o segmento corporativo e workstations.

Vemos oportunidades não exploradas em algumas verticais.

Colocamos à disposição do canal uma ampla gama de soluções de armazenamento, networking e servidores com

arquitetura x86. Alinhado a expansão do portfólio, nosso programa trará novidades que contemplem os canais

com foco em soluções.

Rodrigo Fusco, diretor de Canais

 

LEXMARK – CANAIS FOCADOS E COM UM ALTO GRAU DE DESENVOLVIMENTO

A Lexmark continuará investindo no treinamento e capacitação dos canais para a venda de seu portfólio completo,

incluindo hardware, suprimentos e soluções. O objetivo é ter canais focados, com alto grau de desenvolvimento,

capacitados para vender nossa proposta de valor. Em software, irá ampliar a oferta de soluções para o Brasil,

como resultado das recentes aquisições da empresa mundialmente. Os negócios estão mais complexos, exigindo

um conhecimento mais profundo das necessidades dos clientes e fl uxos de informações. A Lexmark consegue

prover melhorias de processos e redução de custos, muito além da impressão.

Aimberê Maciel, diretor de canais e suprimentos

 

LOGICNOW – EXPANSÃO DOS SERVIÇOS DE SEGURANÇA GERENCIADOS

Dados de mercado sugerem que os serviços de segurança gerenciados são as maiores oportunidades de crescimento

para MSPs e fornecem negócios relevantes e atraentes, para os canais diante do cliente. Desse modo, a Logic-

Now pretende, em 2015, apoiar a expansão dos serviços de segurança gerenciados dentro de negócios dos nossos

clientes, incluindo a inovação de produtos para dar aos parceiros o conjunto de ferramentas mais abrangente e

integrada do mercado. Também vamos investir em programas educacionais, ferramentas de marketing e vendas.

Alistair Forbes, gerente geral

 

LOGITECH – EQUIPE BEM TREINADA É FUNDAMENTAL PARA O CANAL

Em 2015, focaremos em ações de exposição e treinamento para que a revenda consiga oferecer produtos com um

ticket mais alto. Queremos mostrar ao canal a importância da venda de acessórios, já que essa categoria permite

um maior retorno fi nanceiro para as revendas, para isso traremos novas linhas de produtos e focaremos em ações

para ampliar as vendas dos parceiros.

A Logitech disponibiliza linhas de acessórios para PCs, tablets, digital music, games e produtos para videoconferência

e indica que o canal deve fazer a exposição correta dos produtos, além de ter uma equipe bem treinada.

Jairo Rozenblit, gerente geral

 

MANDIC – O RELACIONAMENTO COM OS CANAIS É FUNDAMENTAL

Para 2015, a Mandic avalia que o relacionamento com os canais se tornará ainda mais importante para ampliar

a oferta de soluções de Cloud da companhia. A empresa acredita que este contato, aliado ao portfólio de alta

qualidade e com custo competitivo para os clientes, também contribuirá para o crescimento das revendas. A fabricante

prepara investimentos na infraestrutura de IaaS (soluções Cloud), para que os parceiros tenham a melhor

oferta para seus clientes.

Mauricio Cascão, CEO da Mandic

 

LIFESIZE – SOLUÇÕES VIRTUALIZADAS E APLICAÇÕES NA NUVEM

A Lifesize terá como foco, em 2015, capacitar os canais para uma nova realidade em videoconferência que é a

venda das soluções como serviço. Uma das tendências de negócios para o próximo ano serão Soluções Virtualizadas

e Aplicações na Nuvem que devem dominar as oportunidades para que os canais se diferenciem no mercado.

Haverá um portfólio cada vez mais voltado para tendências como Cloud que com certeza maximizará a oferta dos

canais para seus clientes e irá gerar mais lucratividade para os negócios. A empresa lançará um novo terminal de

Videoconferência All in One de baixo custo com tecnologia de ponta em Full HD e integrado às soluções Cloud

da companhia.

Paulo Cardoso, country manager Brasil

 

MYATECH – OTIMIZAÇÃO DOS PROCESSOS LOGÍSTICOS

A distribuidora Myatech planeja, em 2015, consolidar sua participação no mercado de componentes e para isso,

a aposta é em parcerias com empresas do porte de ASUS, Western Digital, Microsoft, PCWare, AMD e Intel. Outro

objetivo é ampliar o portfólio MYMAX. A meta da companhia é que os parceiros aumentem a lucratividade nos

negócios. No próximo ano, a Myatech pretende otimizar os processos logísticos a partir do novo centro de distribuição,

em Santa Catarina.

Arthur Leite, gerente de Marketing & BI

 

N1 TELECOM – LANÇAMENTOS NA ÁREA DA INTERNET DAS COISAS

Em 2015, a N1 Telecom potencializará os treinamentos presenciais técnicos e comerciais, indo além do modelo clássico de capacitação,

abordando também aspectos fi nanceiros relacionados a OPEX (despesas operacionais). No próximo ano haverá uma forte tendência de

Software como Serviço, Network como Serviço e Videoconferência como Serviço, além de Internet das Coisas (IoT) e a ampliação das redes

Wi-Fi. A companhia se prepara com diversos lançamentos em IoT, com 65 novos sensores; Videoconferência em Cloud; Wi-Fi para grande

volume de usuários e Wi-Fi para Transporte (ônibus, trens, metrôs e até carros).

Adilson de Carvalho, diretor geral

 

NETWORK1 – É PRECISO APRIMORAR CONSTANTEMENTE OS SERVIÇOS

Como uma distribuidora de valor agregado, é preciso aprimorar, constantemente, os serviços a fi m de superar as

expectativas dos canais parceiros. A Network1 seguirá seus investimentos como no núcleo de geração de leads,

que identifi ca oportunidades de negócios e os indica aos canais parceiros. Ainda, seguindo a premissa de compartilhar

conhecimento, seguiremos com os treinamentos online e presenciais, trazendo novos modelos e serviços.

Os canais devem se posicionar como um “trusted advisor” (conselheiro) de seus clientes, cultivando assim seu

relacionamento, bem como entender profundamente a necessidade do negócio e sugerir soluções que agreguem

valor ao business do cliente.

Rafael Paloni, presidente

 

NEW LINK – APOSTA EM CONECTIVIDADE

Para 2015, a palavra de ordem é conectividade. Por este motivo, apostamos em itens com tecnologia wireless ou

Bluetooth, garantindo maior conforto e liberdade aos nossos consumidores. Temos novidades nas linhas de câmeras

esportivas (com a Sport Cam Wi-Fi que realiza as fi lmagens, através de um app no smartphone ou tablet),

áudios (com a Torre Bluetooth e o Speaker Bluetooth que reproduzem músicas em alta qualidade através de

dispositivos com esse tipo de conexão) e tablets (com os modelos Speedy e Fast, que contam com processadores

Quad-Core, suporte a modem 3G e conexão Bluetooth) etc. Sugerimos que os canais conheçam o perfi l dos seus

consumidores para ter êxito nas vendas.

Leandro Murachovsky, diretor Comercial

 

NUTANIX – LINHAS DE PRODUTOS COM DIFERENTES CAPACIDADES DE ARMAZENAMENTO E PROCESSAMENTO

Como meta para 2015, a Nutanix irá intensifi car os treinamentos comerciais e técnicos presenciais e, como tendência,

a empresa prevê oferta da arquitetura WebScale aplicada à todos os segmentos do mercado, uma vez que

a solução está alinhada ao mundo virtualizado. Com base na tecnologia WebScale, a Nutanix irá ofertar linhas

de produtos com diferentes capacidades de armazenamento e processamento, aliados à hypervisor (monitor de

máquina virtual). Também a companhia adicionará ao seu portfólio o segmento ALL FLASH para demandas de

alta disponibilidade em replicação. A dica aos parceiros é especializar-se cada vez mais.

Leonel Oliveira, gerente geral

 

NCR – EM BUSCA DE NOVOS PARCEIROS

A NCR quer manter o modelo de capacitação técnica e comercial adotado em 2014 junto aos canais. Nesse contexto,

a companhia pretende aumentar em 20% o credenciamento de novas revendas. Para chegar a este resultado,

a ideia é investir em produtos direcionados a mudar a experiência dos consumidores nos PDVs, além de reforçar o

trabalho de fi delização e apoio aos canais parceiros da empresa.

Cesar Silva, diretor de Canais

 

NVIDIA – ESPECIALIZAÇÃO NO MERCADO GAMER

Nossa estratégia para 2015 é consolidar nossos programas de canais em uma única plataforma, de forma que a

revenda possa escolher em que quer se especializar dentro das linhas de produtos NVIDIA . Ofereceremos uma

série de conteúdos específi cos como “Componentes para gamers”, “Linha Profi ssional” e “Sistemas”.

Sugerimos que a revenda entenda o mercado de games e também o gamer, pois as oportunidades nesse segmento

são imensas. Para a linha profi ssional, sugerimos a especialização para as aplicações das soluções. Indicamos

que o parceiro faça a adesão ao nosso programa de canais, PartnerForce.

Marcelo Pontieri, gerente de marketing para canais

 

OFFICER DISTRIBUIDORA – DIFERENCIAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES

Em 2015, o nosso foco estará na diferenciação do portfólio de soluções. A Offi cer observa que as novas tendências

em tecnologia como Cloud Computing, Mobile, Social Media e Big Data estão provocando mudanças no modo

como se consome a tecnologia. Esse momento requer preparo do canal para ajudar seus clientes. Temos como

principal objetivo ajudar as revendas tanto na oferta de novos produtos como em treinamentos e capacitações.

Também estamos empenhados no desenvolvimento da Plataforma Offi cer Cloud Solution, que apoia as revendas

parceiras na gestão de seus contratos e na garantia da recorrência das renovações.

Daniela de Paoli, vice-presidente de Marketing e Produtos

 

ORACLE – NOVAS OPORTUNIDADES DE DESENVOLVIMENTO DOS PARCEIROS

Os principais focos da estratégia da Oracle, para 2015, estão alicerçados nas novas demandas do mercado. As

empresas têm buscado, cada vez mais, inovar e alavancar mais negócios com uma TI mais simplifi cada. Portanto,

a empresa pretende alinhar as prioridades de negócios com a rede sólida de parceiros que possui no programa

Oracle PartnerNetwork (OPN) a fi m de destacar Cloud Computing. A companhia visa buscar oportunidades de

desenvolvimento dos parceiros com soluções e abordagem de Customer Experience, Human Capital Management,

Engineered Systems e Big Data.

Francislaine Muratorio, diretora de Alianças e Canais da Oracle do Brasil

 

PALO ALTO NETWORKS – INCENTIVOS ATRAVÉS DO PROGRAMA NEXTWAVE

A Palo Alto Networks centraliza as vendas no canal, onde a maioria deles cresceu mais de 50%, no último ano. Com o Programa

NextWave, incentivamos os que já vendem nossos fi rewalls a venderem a plataforma completa e, com isso, ajudar clientes a responderem

a todas as ameaças cibernéticas, visando bilhões de dólares em oportunidades de mercado em 2015. Entre os lançamentos, estão previstos

a atualização do WildFire (sandbox virtual), o PA-7050, o fi rewall mais rápido do mercado e a expansão da integração com VMware.

Todd Palmer, Vice-Presidente de canais do continente Americano

 

PNY – NOVAS LINHAS DE PRODUTOS E SOLUÇÕES

Em 2015, a meta é ajudar e colaborar mais com o canal direto de vendas. A PNY auxiliará os parceiros com material

de marketing nos pontos de venda e expositores. Além disso, indicamos que os canais invistam no mercado gamer, com

a linha de entusiastas GeForce NVIDIA. A companhia vai disponibilizar novas linhas de produtos e soluções como powerbanks,

carregadores portáteis instantâneos para smartphones e tablets. As revendas devem ter maior pró-atividade

na área de Vendas, apresentando os produtos e conhecendo amplamente o portfólio de soluções das fabricantes.

Carla Ros Blat, country manager Brazil

POLYCOM – FOCO NO DESENVOLVIMENTO COMERCIAL E TÉCNICO

A Polycom manterá o foco no desenvolvimento comercial e técnico, intensifi cando o apoio ao canal por meio de

novas oportunidades, agregando valor, gerando novas demandas dentro dos principais clientes e incentivando

o cross-selling. Buscaremos novas parcerias para apoiar a oferta de soluções de infraestrutura virtualizada e disponibilizar

ao mercado soluções customizadas. A empresa acredita que 2015 será não só um ano de retorno de

investimentos, mas o momento de aproveitar esta oportunidade para agregar valor aos projetos seja em relação

à otimização de processos, ganho de produtividade ou aumento de escala.

Paulo Sierra, gerente de canais

 

POSITIVO – ESTOQUE COM DISPONIBILIDADE IMEDIATA

A Positivo Informática trabalha para fi delizar os parceiros atuais e conquistar outros novos canais. Entendemos

que a oferta de serviços agregados é uma oportunidade às revendas, que podem oferecer, por exemplo,

instalação e desinstalação de máquinas ou integração de sistemas e gerenciamento de redes. A empresa conta

com um estoque para disponibilidade imediata e faturamento no mesmo dia, caso a revenda tenha crédito pré-

-aprovado, além de treinamento, capacitação, apoio às revendas e verba cooperada de marketing.

Vicente Soares, diretor Comercial de Canais Indiretos

 

PRIMEXTECH – INVESTIMENTO NOS SEGMENTOS GAMER, AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA

A PrimexTech pretende ampliar o portfólio, buscando produtos de maior valor agregado para as revendas.

Além disso, a empresa investirá na capacitação constante da equipe interna e dará treinamentos aos colaboradores

tanto na área de tecnologia como na gestão estratégica para ajudar na melhoria da administração das

revendas. Uma das apostas da companhia é focar na linha gamer, que apresenta ótimas margens aos clientes,

automação e segurança e também na qualidade dos serviços disponibilizados e atendimento para que os canais

fi quem capacitados na comercialização dos produtos e soluções.

Elvis Buchalla, diretor

 

RADWARE – NOVOS PROGRAMAS DE INCENTIVO ÀS VENDAS

A Radware lançará um novo programa desenvolvido para recrutar e manter os canais, iniciando com as ferramentas

de treinamento online tanto para vendas quanto para certifi cação técnica. Também, serão novos programas

de incentivos às vendas e desenvolvimento do relacionamento com cada canal (rebates, premiações),

ferramentas de geração de demanda, registro e controle de oportunidades, marketing cooperado, fundo de

desenvolvimento de mercado, entre outras ações. O programa de registro de oportunidade premia o parceiro

pelo seu desenvolvimento e garante que seu trabalho seja reconhecido.

Fernando Santos, diretor geral para os mercados do Caribe e América Latina

 

RICOH – TREINAMENTO É FUNDAMENTAL PARA A REVENDA

A Ricoh disponibilizará às revendas um grande leque de soluções baseadas em nuvem que permitirão, além da digitalização

e impressão, o gerenciamento eletrônico de documentos e a integração com os diversos sistemas das empresas.

Além disto, estará disponível uma nova linha de serviços que permitirá o gerenciamento de TI para pequenas

e médias empresas. Este serviço possibilitará à revenda oferecer aos seus clientes a gestão de ativos, infraestrutura,

Help Desk, back up de dados e aplicações críticas de negócio. Treinamento é fundamental para a revenda e seus

colaboradores. A oferta de outsourcing de impressão hoje virou commodities e a revenda que não estiver preparada

para evoluir e atender estas exigências do mercado será facilmente substituída por outro fornecedor.

Andrea Klevenhusen, gerente Comercial de Canais e Marketing

 

RIVERBED – ADOÇÃO MACIÇA DAS SOLUÇÕES QUE ATENDAM OS QUESITOS DE “TI HÍBRIDA”

A Riverbed tem como meta aprimorar o Programa de Canais atual e lançar um programa de geração de demanda

em 2015. Como tendência, a companhia enxerga Otimização de Aplicações e também Visibilidade e Gerenciamento

de Aplicações. A empresa prevê uma adoção maciça das soluções que atendem aos quesitos de “TI

Híbrida” como, por exemplo, a otimização de aplicações na Nuvem. Nossa orientação aos parceiros é promover

o cross-selling e ampliar as vendas diversifi cando a oferta do portfólio, permitindo aumento do ticket médio de

vendas dentro da mesma base de clientes.

Mauro Capellão, gerente de Canais

 

RUCKUS WIRELESS – ESTOQUE LOCAL PARA AGILIZAR AS IMPLANTAÇÕES DE REDES WI-FI

A Ruckus continuará com a estratégia de cobertura de território, contratando mais executivos de vendas, para

chegar primeiro nas oportunidades juntamente com seus canais. Além disso, aumentará o estoque local para

agilizar as implantações de redes Wi-Fi. Em 2015, serão diversos lançamentos de Access Points, bem como novas

versões de software para a plataforma ZoneDirector e serviço de localização. A oferta de serviço administrado

Wi-Fi estará cada vez mais forte e espera-se que este movimento continue no próximo ano.

André Queiroz, diretor de Vendas para a América Latina

 

SAMSUNG – ANO DE CONSOLIDAÇÃO DO PROGRAMA MUNDIAL DE CANAIS CORPORATIVOS

O ano de 2015 será o ano de consolidação do programa mundial de canais corporativos da Samsung no Brasil. Em 2014, demos um

grande salto na gestão e relacionamento com os Parceiros de Negócios, através do lançamento do Portal de Parceiros Samsung,

ferramenta que concentra a gestão de todos os benefícios oferecidos aos parceiros, como Registro de Oportunidades, Programa de

Incentivos e Treinamentos. A Samsung é uma empresa capaz de oferecer soluções de tecnologia (Hardware e Software) nas mais diversas

áreas do segmento corporativo. Entre os principais lançamentos, destaque para a primeira linha de impressoras corporativas que

incorpora um painel de gerenciamento de 10.1”, com Sistema Operacional Android.

Eduardo Julião, gerente de Canais Corporativos no Brasil

 

SCANSOURCE – O CANAL DEVE FOCAR EM PRODUTIVIDADE

A ScanSource aumentará sua oferta de produtos e serviços aos canais. No último trimestre de 2014, a companhia

adquiriu a Network1. A aquisição faz parte da estratégia da empresa de buscar novas maneiras de

auxiliar as revendas a incrementarem os seus negócios. A distribuidora procura soluções, bem como os serviços

de valor agregado que ajudam os canais a complementar a oferta de soluções. No próximo ano, a ScanSource

continuará oferecendo as soluções e o suporte que os parceiros precisam. Uma dica para a revenda aumentar

as vendas é focar em produtividade para ampliar as vendas.

Alexandre Conde, presidente

 

SCHALTER – AMPLIAÇÃO DE PORTFÓLIO

Em 2015, a Schalter vai lançar uma nova linha de produtos que será composta por alguns modelos de all in one

com touch screen. Os produtos desta nova linha estarão disponíveis no fi nal do primeiro trimestre.

Além desta nova linha, a companhia ampliará o portfólio com produtos complementares à linha de Mini PCs,

com modelos Zero Client e Thin Client que trarão ótimo custo X benefício para as revendas.

A empresa sugere que o canal deve comercializar não só o hardware e software, mas também focar na venda

dos serviços técnicos complementares para maximizar seus lucros.

Valtuir Fraga Caetano, diretor presidente

 

SIGMAONE – DESENVOLVIMENTO DE PORTAL PARA OS PARCEIROS

No próximo ano, planejamos preparar ainda mais os nossos canais para o desenvolvimento de projetos, desde a

abordagem inicial do cliente até o acompanhamento do pós-vendas. Temos uma efi ciente equipe de gerentes

de projetos por área de atuação para auxiliar o canal – Telecom, Monitoramento, Networking e Videoconferência.

Também está em desenvolvimento um novo portal para os parceiros, com o todo portfólio de produtos da

SigmaOne que terá uma área exclusiva de relacionamento com o canal e um portal de e-commerce. Queremos

proporcionar às revendas uma experiência única de atendimento, independente da plataforma utilizada.

Daniel Torres Gomez, diretor Comercial e Marketing

 

SIMPRESS – APOIO OPERACIONAL AOS CANAIS E POLÍTICAS DIFERENCIADAS PARA PRODUTOS DE VALOR AGREGADO

Em 2015, a Simpress continuará com a expansão de sua rede de canais (principalmente com a ajuda das fabricantes),

oferecendo um line-up completo de produtos, além de apoio operacional (inclusive de crédito) e

políticas diferenciadas para produtos de valor agregado. Estão previstos ainda diversos lançamentos. Haverá

investimentos em impressoras multifuncionais com inteligência de software agregada, coloridas e que atendam

alto volume de impressão.

Paulo Alouche, diretor de Canais

 

SEAGATE – REFORÇAR O PORTFÓLIO À DISPOSIÇÃO DO MERCADO

A Seagate acredita que o mercado de armazenamento seguirá como uma grande oportunidade para os canais

em 2015. Para aproveitar esse cenário, a companhia pretende reforçar o portfólio à disposição do mercado, com

lançamentos de novos dispositivos e a divulgação de produtos como os NAS HDD e Surveillance HDD, e também

intensifi car o trabalho de treinamento das revendas, tornando os pontos de venda hábeis para identifi car e

ampliar as possibilidades no setor.

Samantha Soifer, gerente sênior de Vendas para América Latina

 

SND – O PERFIL DAS REVENDAS MUDOU NOS ÚLTIMOS ANOS

Em 2015, a SND investirá ainda mais na capacitação da equipe comercial para oferecer aos canais atendimento

especializado. Entre os destaques, o portfólio completo da Microsoft, entre os quais, o Offi ce 365, Azure,

hardwares e games. E ainda os computadores, storages e servidores da marca Lenovo e telefonia da Vivo. Os

canais devem se lembrar de investir em produtos que potencializem de verdade os seus lucros. Hoje, o perfi l

das revendas mudou: elas deixaram de ser revendas de informática e passaram a ser revendas de tecnologia.

Fabio Baltazar, diretor das áreas de Produtos e Marketing

 

SOCIETY – APRIMORAR O CRM COM NOVAS FERRAMENTAS

Em 2015, iremos aprimorar o nosso CRM com ferramentas que ajudem os canais em suas vendas e na capacitação

técnica e comercial. Continuaremos atuando apenas com a marca ESET que, no entanto, trará novos produtos

na linha de segurança de dados, como o ESET Secure Authentication. Para se otimizar um determinado tipo

de negócio, o ideal seria que os canais escolhessem apenas um determinado segmento, mas sabemos que isso é

quase impossível, mas que então escolha uma única fabricante de cada segmento para trabalhar.

O canal precisa entender que oferecer em sua proposta diversas fabricantes para um único produto não cria

uma imagem de credibilidade, nem perante aos seus fornecedores como também aos seus clientes.

Patrícia Furtado, diretora Comercial

 

SOFTEXPERT – INTENSIFICAR OFERTAS, AÇÕES E CAMPANHAS JUNTO AOS CANAIS

Em 2015, a SoftExpert trabalhará para intensifi car as ofertas, campanhas e ações promocionais em conjunto

com os canais. A ideia, para isso, é aprimorar o programa de incentivo ao marketing, com o objetivo de gerar

oportunidades e alavancar os negócios dos parceiros. As principais ações para o ano estarão relacionadas à nova

versão do SoftExpert Excellence Suite (software para automação e aprimoramento de processos de negócio),

que trará novas funcionalidades e um novo desenho em termos de usabilidade e ergonomia.

Marco Aurélio Hintz, diretor de Desenvolvimento de Negócios

 

TRANSITION NETWORKS – NOVOS PRODUTOS PARA ATENDER OS CANAIS

Em 2015, a Transition Networks quer destacar o atendimento dos parceiros. Dessa forma, o plano é ampliar

o trabalho junto às principais distribuidoras do país e oferecer condições especiais para estimular as vendas

nos canais. Em termos de portfólio, a aposta será a apresentação de novos produtos para linha industrial, com

sistemas de CFTV, dispositivos de demarcação Ethernet com MPLS-TP e novos switches para CFTV com PoE+ e

interfaces SFP+, que maximizarão o leque de oportunidades para as revendas.

Henrique Presch, Regional Sales Manager Brazil & North Latam

 

TREND MICRO – NOVO PROGRAMA DE PARCEIROS COM BENEFÍCIOS FINANCEIROS

Implementaremos um novo programa de parceiros com benefícios fi nanceiros e novas ferramentas para que

nossos canais possam ter o melhor relacionamento com os clientes. Acreditamos que esse apoio aos canais é

uma forma de ajudá-los a oferecer os melhores serviços aos clientes para que defi nam estratégias planejadas de

segurança em tendências como computação em nuvem, ataques avançados e mobilidade.

Miguel Macedo, diretor de Marketing e Canais para a América Latina

 

TP-LINK – LANÇAMENTO DO PROGRAMA DE SELL OUT

Teremos suporte técnico local e ofereceremos benefícios para todos os parceiros. A TP-LINK irá lançar o programa

de Sell Out “Programa TP-LINK V+” (Variedade, Valor e Vitória) para as pequenas e grandes revendas e

varejistas em todo o Brasil. Queremos garantir o suporte completo aos canais e facilitar a vida deles. Em relação

às tendências de mercado, acreditamos que mais pessoas irão atualizar roteadores e adaptadores. Também, o

11ac irá fornecer frequência de 2.4Ghz e de 5.0GHz. A TP-LINK começará a atuar com o mercado SMB, para

fornecer as soluções confi áveis e de baixo custo para o mercado.

Louis Liu, country manager Brasil

 

WDC NETWORKS – INTENSIFICAÇÃO DO PROGRAMA DE ALUGUEL DE EQUIPAMENTOS AOS CANAIS

A WDC Networks prepara para 2015 uma ação ainda mais forte na área de Enterprise, recrutando mais canais

em todas as regiões do Brasil, com o objetivo de levar seu portfólio de soluções de valor agregado à mais integradoras.

Outra novidade será a intensifi cação do seu programa de aluguel de equipamentos aos canais, além

de telefonia na nuvem e infraestrutura de datacenter. Os canais precisarão inovar em novas opções de fabricantes

com ofertas mais econômicas ou, do contrário, podem perder a grande chance de vender soluções mais

adequadas ao que o mercado pede hoje em dia.

Vanderlei Rigatieri, diretor geral

 

TS SHARA – CONTINUIDADE À ESTRATÉGIA DE RELACIONAMENTO COM OS CANAIS

A TS Shara aposta no aumento da demanda por soluções de proteção de energia, principalmente nos mercados

de baixa e média potência. Por isso, a ideia é continuar investindo na modernização de toda a linha de produtos,

além de apresentar vários lançamentos no segmento de Protetores de Redes Inteligentes, com o objetivo

de atender prontamente os clientes, sempre com o máximo valor agregado. Outra meta é dar continuidade

à estratégia de relacionamento com os canais, que teve foco na capacitação profi ssional, realizada em 2014.

Jamil Mouallem, diretor Comercial & Marketing

 

UNICOBA – RENTABILIDADE PARA OS CLIENTES

Em 2015, a Unicoba pretende apresentar inovações que assegurem rentabilidade para os clientes. Para isso,

continuará investindo na marca exclusiva de itens de Soluções para Redes SOHO, Link-One.

Seguiremos com a estratégia de migrar o consumo para melhor performance, com propostas de custo X benefício

atrativas para todos os elos da cadeia. Os lançamentos trarão funcionalidades em itens miniaturizados,

para uso prático e discreto em ambientes SOHO. Boas escolhas de parceiros, na compra e venda. Confi abilidade

e políticas bem defi nidas e honradas devem ser prioritárias. Apenas assim as margens poderão ser garantidas.

 

Marcello Liviero, gerente executivo

UNIFY – EXPANDIR OS NEGÓCIOS, JUNTO DOS CANAIS

A Unify aposta em seu novo programa de canais, lançado no fi m de 2014, para intensifi car a relação entre as

revendas e a empresa, recompensando os parceiros pelos seus investimentos em capacitação e ampliando a

geração de leads. O objetivo é expandir os negócios e aumentar a participação da companhia no mercado,

sobretudo nos segmentos de Midmarket e Enterprise. Investindo continuamente em inovação, o portfólio da

empresa destaca as ofertas de soluções de UCC, Contact Center e Sistemas de Comunicações para Instituições Financeiras.

Reinaldo Ópice, country manager

 

UNION SISTEMAS E ENERGIA – ENTREGA IMEDIATA DE PRODUTOS E SOLUÇÕES

A estratégia da Union Sistemas e Energia será fundamentada em alguns pontos específi cos como a ampliação

do portfólio – na linha de soluções e infraestrutura, destaque para a marca Emerson Network Power, preços

competitivos, prazos de pagamentos mais atraentes, entrega imediata de produtos e soluções, treinamentos e

suporte técnico para os parceiros. Além da linha de UPS (No-breaks) Emerson, disponibilizaremos também baterias

VRLA, sistemas para gerenciamento de TI tais como switch KVM, console server (ACS), réguas gerenciáveis,

(PDU´S), Racks 19”, Sistemas de climatização de precisão, chaves estáticas para racks e de transferência. Faremos

um trabalho em conjunto com os parceiros desde a especifi cação técnica até a instalação.

Alexandre Sayar, gerente de Vendas Corporativas

 

WACOM – APRIMORAMENTO DO PORTFÓLIO PARA O MERCADO

A Wacom vem investindo constantemente no aprimoramento de suas linhas de produtos. Neste novo ano fi scal,

a linha de pads de assinatura foi totalmente renovada, o que acarretou em melhoria de qualidade e desempenho.

Desde fevereiro de 2014, os produtos STU300, STU500, STU520 foram substituídos pelos STU430 e STU530.

Vale ressaltar que a linha da Wacom criativa também foi totalmente renovada no ano passado.

A companhia disponibiliza material online e está à disposição das revendas para dar suporte presencial para

oportunidades no segmento acadêmico, grandes agências, gráfi cas e indústria.

Thiago Machado, country manager

 

WEBSENSE – COMPARTILHANDO METAS E OBJETIVOS

Criar uma visão compartilhada com metas e objetivos comuns junto aos canais. Este é o principal objetivo

da Websense, que observa o trabalho em conjunto com os parceiros como uma importante estratégia para

alavancar os resultados. Com um modelo de vendas no Brasil 100% indireto, o foco no canal de vendas é um

compromisso da companhia com sua comunidade de parceiros. Para ampliar os negócios das revendas, a empresa

sugere o investimento em soluções complementares, para que as ofertas sejam combinações de produtos

e serviços especializados, adequados às demandas dos clientes.

Wellington Lobo, gerente de Canais Brasil

 

WESTCON – ESPECIALIZAÇÃO EM SOLUÇÕES

O canal deve se especializar em poucas soluções e não ser mais um fornecedor de uma gama enorme de produtos.

Esta é a dica da distribuidora Westcon, que oferece extenso programa de capacitação para as revendas.

O parceiro deve apostar em segurança e infraestrutura que são as áreas que trazem maior retorno. A Westcon

tem em seu portfólio 30 fabricantes que são líderes globais em seus segmentos. Para que a revenda otimize os

negócios e tenha mais lucros em 2015, a distribuidora reforça que é necessário investir em soluções e alianças.

Sergio Basilio, diretor geral

 

WESTERN DIGITAL – SOLIDIFICAÇÃO DA MARCA NO PAÍS

A prioridade estratégica número 1 da WD é fi rmar a marca no país. Para isso, planejamos investir ainda mais em nossos canais. Focaremos

no aumento do portfólio, que nos permitirá oferecer soluções de armazenamento customizadas, com discos rígidos desenhados

especifi camente para cada aplicação.

A Vigilância e a Nuvem são áreas que oferecerão excelentes margens e onde prevemos oportunidades. Dessa maneira, contamos com

as revendas na comercialização das soluções WD Purple e o My Cloud. O canal pode oferecer uma gama de produtos da marca de

armazenamento completa e confi ável para aplicativos, para ampliar as vendas.

Benjamin Fenhoff, country manager

 

WISECASE - DESTAQUE PARA A LINHA GAMER

A estratégia da Wisecase será trabalhar com competitividade e em condições favoráveis de mercado para que os

canais fortaleçam ainda mais suas vendas. Na busca por novos horizontes, a empresa pretende levar seus canais

a buscarem outro nicho de mercado, mais voltado a produtos elétricos. Entre os principais produtos e soluções

a serem lançados no próximo ano, destaque para a linha gamer, segmento que a empresa consegue manter

a qualidade e com um custo X benefi cio favorável ao canal, mesmo em um mercado concorrido. O parceiro

Wisecase será competitivo e trabalhará com margens saudáveis na nova linha 2015. A ideia é “fazer mais com

menos”, ou seja, quanto mais enxuta for a operação, maior lucratividade terá.

Paulo Godoy, gerente de Canais

 

XEROX - A DIFERENCIAÇÃO GARANTE MELHORES LUCROS

Em 2015, a Xerox manterá as mais completas ferramentas e suporte aos canais a fi m de gerar mais negócios,

aliados também a diversos treinamentos online e presenciais. A companhia trará inovações focadas nas soluções

A4 para o mercado SMB e corporativo, com produtos A4 mais competitivos e com maior suporte a fl uxos

digitais, mobilidade, produtividade e segurança já presentes em nossas soluções A3. Para aumentar as oportunidades,

a empresa conta com o Xerox Partner Print Services (XPPS), um conjunto de soluções para a gestão do

parque de impressão dos clientes, seja ele composto de máquinas Xerox ou de outras fabricantes, um serviço

de excelência com substanciais reduções nos custos para os clientes. A diferenciação garante melhores lucros.

Ticiana Neves, gerente de Marketing de Canais

 

ZEBRA TECHNOLOGIES BRASIL – TRABALHANDO PARA AGREGAR MAIS VALOR AO CANAL

A Zebra trabalha para agregar mais valor ao seu canal e levar soluções completas aos seus clientes e usuários

fi nais. Desta forma, para 2015, a companhia prevê um trabalho intenso aos nossos focados em lançamentos de

novas soluções de verticais, além da renovação contínua de produtos e linhas existentes. Outro ponto que a

empresa trabalhará no próximo ano é valorizar ainda mais a comunicação com o canal, para entender melhor

as necessidades e desafi os de sua comunidade de negócios.

Pedro Goyn, diretor geral